Fechar
Professora de biologia

Ex-BBB Jessi revela se vai continuar dando aulas

Jessi Alves possui licenciatura em biologia e antes de entrar no Big Brother Brasil era professora em uma escola privada

Fábio SaraivaRepórter do EM OFF

Nesta terça-feira (17), Jessi Alves deu uma entrevista para Tata Estaniecki e Bruna Unzueta no PodDelas. Durante o bate-papo a professora de biologia contou como foi seu processo de inscrição para o Big Brother Brasil. Além disso, ela respondeu se vai continuar dando aulas após participar do reality show. A ex-sister também falou como está sua vida, agora vivendo na cidade de São Paulo. 

Natural de Bom Jesus da Lapa, na Bahia, ela nasceu na cidade natal da mãe, mas se mudou para Valparaíso de Goiás, e viveu assim, até entrar no BBB. Recentemente, Jessi Alves se mudou para São Paulo para ficar mais perto das oportunidades. Durante a entrevista, a moça contou que se ganhasse o prêmio iria dar uma vida melhor para sua família. E assim, montar um salão de beleza para sua mãe e um escritório para sua irmã, que é advogada. 

No BBB 22, Jessi contou que se perguntava se sua família, que é mais conservadora, estava assistindo o programa. Quando ela saiu da casa, soube que um tio que era o mais restrito a aquele entretenimento, acompanhou toda sua trajetória. “Brigava nas redes sociais por minha causa (…) Muitas coisas que a gente tratou dentro do programa, eles se desconstruiram e construíram um novo pensamento”, revelou a bióloga.

Em seguida, Jessi explicou como foi entrar no reality show. A professora disse que contou apenas para sua irmã e sua mãe. Não compareceu em uma festa familiar, e toda sua família ficou preocupada. Além disso, ela falou que quando pegou seu celular de volta tinha mais de 400 conversas sem resposta, de pessoas chocadas e parabenizando por entrar no programa. Logo após, ela relembrou que tentou entrar no BBB 21, foi até a etapa final, mas não foi chamada. 

Continua após a publicidade

Jessi Alves e sua relação com a Libras

As apresentadoras perguntaram por que Jessi escolheu ser bióloga. Aos 12 anos, ela contou que teve uma professora que trouxe aulas mais prática, perguntou qual graduação ela fez e ao saber que era a faculdade de ciências biológicas, decidiu que seria essa a sua formação. Em seguida, ela afirmou que nasceu para ser professora da rede pública, pois se adapta melhor em relação a escolas particulares.

Então, Tata Estanieck perguntou se ela pretende voltar a dar aula algum dia. Logo depois, Jessi comentou que o professor dá aula por amor, pois o salário de um docente não paga o que esse profissional tem que fazer. E que muitas vezes a relação com os alunos ultrapassam os muros da escola. “Mas, eu quero chegar em um momento da minha vida, que eu diga: ‘Tá então agora eu vou dar aula por amor e não porque eu preciso me sustentar com esse dinheiro’”. 

Jessi Alves disse que vai aproveitar essa fase de pessoa pública para a publicidade, e que as oportunidades podem fazer ela voltar a dar aula exclusivamente pelo amor ao ensino. No BBB 22, Jessilane trouxe consigo a pauta da importância da Língua Brasileira de Sinais – LIBRAS.  A ex-sister comentou que recentemente um fã de sua amiga Natalia Deodato, também ex-participante, mostrou o sinal dela, que é uma referência às manchas do vitiligo.

Logo depois, Jessi explicou que o sinal de uma pessoa é a identidade dela na Libras. E que o dela é o sinal da letra inicial de seu nome com um cachinho em referência aos seus cabelos. Jessilane Alves , então, disse que quando aprendeu o idioma foi no ensino médio, quando estudava em uma escola inclusiva, que possuía uma intérprete e cinco alunos surdos.

É uma matéria optativa, mas que deveria ser obrigatória“, opinou a professora. Ela quer continuar falando sobre educação, mas que, por enquanto, não estará na sala de aula. Ela ainda quer falar de biologia, mas em novos formatos.

https://twitter.com/HaftasArden/status/1526680656973074435