Fechar
Eita!

Ex-diretora Marlene Mattos processa Xuxa por calúnia

Ex-diretora e amiga de Xuxa resolveu colocá-la na Justiça após fala da apresentadora em entrevista para Revista Veja

Aline TorresRepórter do EM OFF

Marlene Matos, ex-diretora da Globo, está processando Xuxa Meneghel por calúnia na 42ª Delegacia de Polícia do Rio de Janeiro depois que a apresentadora afirmou, em entrevista para a revista Veja em 27 de janeiro, que ela foi “roubada, enganada, usada e manipulada” pela diretora e por outros profissionais.

Na entrevista, Xuxa afirma que poderia ser mais rica do que já é se não tivesse sido enganada por Marlene e pelos outros profissionais que ela não quis citar:

“Olha, eu poderia ser duas ou três vezes mais rica. Fui tudo o que as pessoas imaginam: enganada, usada, manipulada, roubada. Quando falo disso, vem logo a imagem da Marlene, mas não foi só ela. Insisto em dizer que confiei demais em todas as pessoas próximas a mim. Fui passada para trás por coreógrafo, maquiador, fotógrafo. Digo sem vergonha que fui inocente, boba, burra mesmo”, disse à Veja.

Em outra entrevista, dessa vez durante a live de Luis Erlanger, a rainha dos baixinhos falou que se sentia um fantoche de Marlene:

“Eu era um fantoche, mas porque eu quis, porque eu deixei. Fui deixando cada vez mais minha vida na mão dela. Minha vida particular, pessoal e profissional. As coisas se juntavam e estava tudo na mão dela. Ela era diretora, manager, empresária… Teve um momento, como todos sabem, que meu interesse era trabalhar com programa infantil e ela já não acreditava mais nisso. A gente deixou de trabalhar junto. Fui para o Xuxa no Mundo da Imaginação, fiz o XSPB.”, disse à época.

O advogado de Marlene Mattos não quis entrar em detalhes sobre o processo, mas afirmou que está aguardando os desdobramentos do andamento processual. Ao ser procurada, assessoria de comunicação de Xuxa não quis comentar o caso.

Tem alguma foto? print? vídeo? ou áudio de alguma fofoca? envie um e-mail para contato@portalemoff.com.br sua identidade será mantida no mais absoluto sigilo