Fechar
Após a prisão

Ex-namorada de Rafael Miguel se pronuncia sobre a prisão do pai

Depois de sair a notícia da prisão, a ex-namorada, Isabela Tibcherani se pronunciou através do Instagram a respeito do assunto

Nayara VieiraRepórter do EM OFF

Nesta segunda-feira (16), Paulo Cupertino Matias, assassino de Rafael Miguel, foi preso. Ele foi responsável pela morte do ator e sua família, o pai, João Alcisio Miguel, 52 anos, e a mãe, Miriam Selma Miguel, 50 e estava foragido desde o dia 9 de junho de 2019. Depois de sair a notícia da prisão, a ex-namorada, Isabela Tibcherani se pronunciou através do Instagram a respeito do assunto.

Fui informada do ocorrido. Não consigo falar muito a respeito agora, mas quero agradecer todas as mensagens e todo apoio”, iniciou Isabela. A moça comentou que ainda não consegue falar abertamente tudo o que passou por sua cabeça, mas agradeceu a força que recebeu das pessoas. “É uma mistura muito grande de sentimento e agora preciso de espaço. Grata”, pontuou.

No Storie seguinte, Isabela reforçou que não estava preparada para falar com ninguém. “Quais quer informações e depoimentos necessários podem ser tratados diretamente com meus advogados. Não estou com disponibilidade nem condições de falar”, completou ela.

Paulo Cupertino Matias, de 50 anos, foi encontrado pela polícia no bairro Jardim Miriam, na Zona Sul de São Paulo. Ele foi encaminhado para o  Instituto Médico Legal (IML) para um exame de corpo de delito e na sequência para a  Divisão de Capturas no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), segundo o G1. Além disso, ele passará a noite no 77º na DP e amanhã, terça-feira (17) já pode ser encaminhado a um Centro de Detenção Provisória (CDP).

Continua após a publicidade

Ele cometeu o assassinato das três vítimas na frenre da casa onde morava Isabela e a mãe, e as duas trambém foram atingidas pelos tiros, mas sobreviveram. Além de Cupertino, mais dois amigos dele são réus, pois participaram ajudando o assassino a fugir. Na época, ele não aceitava o namoro de Rafael, que atuou na novela Chiquititas (SBT) e a filha, Isabela, e depois de cometer o crime fugiu.

Quando completou um ano da morte de Rafael, Isabela fez um desabafo nas redes sociais e contou que estava fazendo tratamento psicológico: “Eu procurei todo esse tempo levar uma vida tranquila o melhor possível para não perder minha cabeça. Hoje eu faço tratamento psicológico, procuro estar perto de pessoas que possam me oferecer uma rede de apoio bacana”.

Em um desabafo, ela escreveu: “Não esperava que fosse me sentir assim, como se tivesse sido ontem. Estou abatida, estou cansada dos questionamentos, cansada de ter que ser firme. Não cabe a mim resolução alguma, eu sei tanto quanto qualquer um, e sei mais ainda do que eu sinto, todos os dias e as pessoas soubessem como é dentro da minha cabeça, do meu coração, diariamente. Falta tanto, falta muito, a falta é constante”.