Fechar
MOMENTO DIFÍCIL

Ex-Polegar acumula dívidas e enfrenta dificuldades financeiras

Ricardo Costa, ex-cantor do Polegar, estudou gastronomia e hoje prepara hambúrgueres em trailer para sobreviver

Danilo ReenlsoberRepórter do EM OFF

O ex-cantor Ricardo Costa, que nos anos 1980 fez sucesso com o grupo “Polegar”, revelou no programa “Melhor da Tarde”, apresentado por Cátia Fonseca na Band, que tem enfrentado dificuldades financeiras durante a pandemia de Covid-19. Na entrevista, ele falou também da saudade que sente do apresentador Gugu.

Atualmente, o ex-cantor trabalha como chef em um trailer de hambúrguer, localizado dentro de um estacionamento na avenida Faria Lima, em Taubaté, interior de São Paulo. Segundo ele, o aluguel do estaço custa R$ 750 mensais, valor esse que o ex-artista disse ter dificuldade para pagar. “As vezes, não tenho nem pro aluguel daqui, nem para as contas de casa“, revelou Ricardo.

Ricardo, que está com 50 anos, disse também que precisou vender equipamentos da sua cozinha, como uma fritadeira, para pagar dívidas. O ex-músico não seguiu na vida artística e fez cursos relacionados à gastronomia. Ele disse que já teve um restaurante, mas devido à dificuldades, precisou fechar o estabelecimento. “Tô correndo atrás, mas está muito difícil, tenho muitas contas atrasadas“.

Na entrevista, Ricardo revelou que conversou com Gugu três dias antes do apresentador morrer. “Ele sempre me apoiou. Fiquei um bom tempo sem falar com ele, e disse que queria um restaurante. O Gugu disse que eu precisava estudar e fui fazer uma faculdade. Ele sempre me acompanhou. Falei com ele e ele disse que ia me ajudar“, disse.

Ele falou da reação ao saber da morte de Gugu Liberato: “O chão caiu, foi muito difícil para mim. Pela amizade que a gente tinha, pela nossa história. A perda do Gugu pra todo mundo foi muito difícil“, disse. Ricardo também apontou que não mantém contato com os outros ex-integrantes do “Polegar”. “O único que eu tenho contato é com o Alan [Frank], o resto não tenho mais. É uma pena“.

Essa não é a primeira vez que o ex-cantor expõe dificuldades financeiras. Em 2017, ele vendeu um ônibus, que havia transformado em lanchonete e avaliado em mais de R$ 100 mil, paga pagar dívidas. Na época, ele falou ao programa ‘Hora do Faro”, na Record TV. “Pensão atrasada, aluguel atrasado, e não é porque eu não trabalho, mas essas coisas infelizmente acontecem“.

Ricardo fez muito sucesso nos anos de 1980 e 1990 com o “Polegar”, uma espécie de “boy band” formada pelo apresentador Gugu Liberado, na época ainda no SBT. O grupo se desfez em 1997 e era formado por Marcelo Polegar, Alan Frank, Rafael Ilha, Ricardo Costa e Ales Gill.

Ricardo Costa em entrevista à Cátia Fonseca (Reprodução)

Tem alguma foto? print? vídeo? ou áudio de alguma fofoca? envie um e-mail para contato@portalemoff.com.br sua identidade será mantida no mais absoluto sigilo