Fechar

EXCLUSIVO Hadson Nery torce por Gil na final e revela plantas da edição

O jogador de futebol e ex-BBB 20, Hadson Nery, revelou sua preferência no Big Brother Brasil 21 e avaliou sua passagem pelo programa

Adriel MarquesRepórter do EM OFF

Hadson Nery, ex-participante do Big Brother Brasil 20 (Globo), se envolveu em mais uma polêmica nesta semana. O jogador de futebol declarou por meio do seu perfil no Twitter, ser contra a permanência da sister Thaís Braz na casa mais vigiada do Brasil.

O comentário sobre a saída da cirurgiã-dentista repercutiu bastante. O motivo não envolve só a atual sister da edição como também Thelma Assis, a última campeã da atração. Muitos internautas acreditam que o ex-brother, de forma subjetiva, tenha chamado Thelminha de planta: “Vamos de fora Thaís. Chega de planta, já ganhou uma ano passado. Não podemos deixar outra chegar nas finais. Falei… tô leve!”

O EM OFF com entrevistou com exclusividade o ex-BBB e atleta. Hadson Nery revelou por quem torce no BBB 21, quem é a planta da vez e avaliou sua participação no reality.

EM OFF: O que você define como planta?
Hadson Nery: Não sou eu que defino. Esse foi um adjetivo que o povo deu aqui fora. Até acredito que alguns que são chamados de planta, não são. Mas planta é quem não vira protagonista nas primeiras semanas, foge do jogo e das tretas.

EM OFF: Quais participantes da atual edição do Big Brother Brasil você coloca nesta função?
Hadson Nery: Então, tiveram alguns que deram uma segurada no jogo, porém, agora no TOP 10 fica difícil apontar. Ninguém está só olhando o jogo mais e cada um escreveu a sua história. Não é à toa que chegaram ao TOP 1O, sei que vocês querem que eu nomeie alguns, então vamos lá. Coloco a Pocah, dormiu bastante na casa, a Thaís custou muito a se apresentar e a Camilla de Lucas também deu uma boa segurada no início.

EM OFF: Com a estratégia de se isentar, muitos jogadores chegam na final do reality. Vocês considera que os participantes ”plantas” são perigosos?
Hadson Nery: Não considero perigosos, mas é uma estratégia sim. Principalmente se sempre estiverem com a maioria da casa. Outra é a oportunidade de não se colocar com protagonismo.

EM OFF: Como você avalia sua participação no BBB 20? Acredita que o público foi injusto com você?
Hadson Nery: Injusto não. Eu avalio que foi necessário para que eu tivesse essa experiência e que não tive muito tempo para mostrar mais, enfim, foi uma edição bem diferente das outras. Mas valeu estar lá!

EM OFF: Você ama o futebol e sempre mostra esse seu lado nas redes sociais. Quais são os planos para o futuro?
Hadson Nery: Estou pronto para trabalhar no futebol. Estudei para isso, nasci no futebol e estou só esperando uma proposta que possa valer a pena. Sempre recebo convites, mas nada ainda me conquistou.

EM OFF: Este ano teremos ainda muitos realitys no ar. No Limite, A Fazenda, Power Couple Brasil e A Ilha são alguns. Você participaria de outro confinamento?
Hadson Nery: Eu sempre estou aberto para propostas. Pintando algo interessante, não vejo problema algum. Acho que até nasci para isso (risos). Participaria de qualquer um deles.

EM OFF: Como está sendo viver essa nova fase como pai novamente? Como foi receber a notícia?
Hadson Nery: Já sabia como é, porém, a cada vida que colocamos no mundo o momento é especial. Estou curtindo muito e só gratidão a Deus por tudo!

EM OFF: Quem merece ganhar o BBB 21? Por qual motivo?
Hadson Nery: Olha, pelo que vejo nas redes sociais, a torcida pela Juliette é grande. Gosto do Gil e estou torcendo para ele, pra mim foi o único que se jogou lá dentro e eu gosto da autencidade. Eu sou assim, só que nos tempos que vivemos, hoje a gente paga um preço caro por isso, enfim. Acho que entre os dois quem levar será legal.