Fechar
NO TWITTER

Fãs ‘ressuscitam’ Senna após Piquet aparecer como motorista de Bolsonaro

Internautas compararam os ex-pilotos Ayrton Senna a Nelson Piquet neste 7 de setembro

Danilo ReenlsoberRepórter do EM OFF

O ex-piloto de Fórmula 1 brasileiro Nelson Piquet foi duramente criticado nas redes sociais na manhã desta terça-feira, feriado de 7 de setembro. Ele conduziu o veículo no qual o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) chegou ao Palácio da Alvorada, em Brasília, para acompanhar as manifestações a favor do seu governo. Muitos fãs do esporte logo compararam Piquet a Ayrton Senna, que morreu em 1994.

O presidente chegou ao Palácio da Alvorada nesta manhã em um Rolls-Royce dirigido pelo tricampeão mundial de Fórmula 1. Piquet conduziu o veículo que levou Bolsonaro à cerimônia de hasteamento da bandeira, em comemoração ao 7 de setembro, data que marca da Independência do Brasil. O mandatário estava acompanhado da primeira-dama, Michelle, e de algumas crianças.

Piquet é apoiador de longa data de Bolsonaro e figura próxima do presidente. De acordo com a revista Veja, o ex-piloto de Fórmula 1 também já recebeu Bolsonaro recebeu em sua mansão, já esteve com ele no Palácio do Planalto e já integrou a comitiva de Bolsonaro durante uma viagem ao Acre. Ele também já endossou o discurso do presidente, ressaltando críticas à Globo.

Nas redes sociais, não faltaram críticas ao esportista brasileiro. “Nelson piquet, de campeão de F-1 a motorista particular de presidente golpista. Deu um upgrade na expressão ‘que morte horrível‘”, escreveu a jornalista Cynara Menezes, em seu perfil no Twitter. “Nelson Piquet virou motorista e capacho de fascista“, ressaltou a professora Biazita Gomes, na mesma rede social.

Continua após a publicidade

Olha as consequências da reforma da previdência: nessa idade o Nelson Piquet tem que ser motorista de carro de gado em pleno feriado“, ironizou o usuário João Alho. “Deve ser triste terminar uma carreira de piloto como condutor do fascismo brasileiro, né? Nelson Piquet é o retrato da classe média que não deu certo“, criticou o internauta Leia Flaviano.

Após a confusão, o nome de outro ex-piloto ganhou destaque na internet: Ayrton Senna. O jornalista Ricardo Noblat, do portal Metrópoles, questionou em seu perfil no Twitter se Senna faria o mesmo, ou seja, conduziria um veículo oficial em nome de Jair Bolsonaro. Logo, centenas de pessoas responderam seu questionamento e colocaram o nome do ex-piloto nos termos mais citados da rede social.

Não se se Ayrton faria o mesmo, mas o Piquet provou ser um imbecil… sempre foi afetadinho e não difere do que era antes“, escreveu Artur Araújo, no Twitter. “Claro que sim. O povo se ilude com o Senna porque ele morreu. Mas seria tão direitista e bolsonarista quanto o Piquet e os jogadores de volei e futebol“, comentou o internauta Cássio Silva, na mesma plataforma.

Confira alguns tweets abaixo:

Tem alguma foto? print? vídeo? ou áudio de alguma fofoca? envie um e-mail para contato@portalemoff.com.br sua identidade será mantida no mais absoluto sigilo