"ficava chateada"

Fátima Bernardes expõe mágoa com cobranças sobre faltas no ‘Encontro’

Apresentadora confessou que lidar com as críticas e piadas sobre sua ausência do programa “Encontro”, lhe deixava magoada

Jean Telles
Repórter do EM OFF

A apresentadora Fátima Bernardes foi a entrevistada dessa segunda-feira (25), do programa “Roda Viva”. Na entrevista, a comunicadora falou sobre sua carreira como comunicadora, sobre os motivos que a fizeram deixar o comando do programa “Encontro” após 10 anos, e ainda comentou as muitas críticas e até memes, relacionados a suas ausências na apresentação do matutino. 

Ao ser questionada se a proximidade com o público, abrindo margem para críticas dos mesmos, havia lhe causado irritação, Fátima explicou que deixar o jornalismo tradicional e se aproximar dos telespectadores com sua revista eletrônica de entretenimento, foi muito positivo para sua carreira como comunicadora, mas as cobranças que recebia em relação as suas faltas incomodavam. 

“Com um mês da cirurgia do câncer eu voltei. Porque era possível, eu não ia fazer nenhum tipo de esforço físico, na cirurgia do ombro, supreendentemente eu precisei ficar seis semanas com o braço assim [enfaixado] não dava para voltar! Por outro lado, eu não posso encarar esse período como férias, para o lado emocional, eu preciso continuar podendo tirar férias”, explicou a apresentadora veterana. 

Logo em seguida, Fátima Bernardes confessou que lidar com as críticas e piadas sobre sua ausência do programa “Encontro”, lhe deixava magoada: “Eu ficava um pouco chateada, porque alguém que trabalha há 35 anos em uma mesma empresa se não tivesse um comportamento e uma presença quase que permanente não estaria [lá]”

“Eu sempre fui uma pessoa que teve um comprometimento muito grande com o trabalho, então, as vezes eu falo: ‘Poxa!’ mas tem muita gente chegando, nem todo mundo conhece sua história e no fundo, no fundo, as pessoas querem que você esteja ali, então vamos encarar como uma forma de carinho”, finalizou Fátima Bernardes.