POLÊMICA!

Felipe Neto debocha de polícia após detenção de Filipe Ret: ‘Tempo livre’

Youtuber saiu em defesa de cantor de rap, após investigação da polícia, por suposta distribuíção gratuíta de maconha

Jean Telles
Repórter do EM OFF

O youtuber Felipe Neto resolveu usar suas redes sociais nessa terça-feira (19), para sair em defesa do rapper Filipe Ret, após músico ter sido alvo de uma operação policial. Em seu perfil no Twitter, o criador de conteúdo digital debochou do delegado responsável pela ação, insinuando que ele estava com “tempo livre”, por investigar um artista por estar fazendo consumo de maconha: 

“O que estão fazendo com o Filipe Ret é prova de que tem muito delegado com tempo livre no Rio, o suficiente pra armar essa palhaçada. Aparentemente, os problemas nas comunidades e nas áreas dominadas pelas milícias estão sob controle. O perigo é artista com maconha em festa”, ironizou Felipe Neto em suas redes sociais. 

E não parou por aí! Em outros tweets, Felipe Neto voltou a debochar da operação da polícia contra Filipe Ret. O criador de conteúdo digital compartilhou fotos de uma série de artistas que apoiam o consumo recreativo da maconha, dentre eles estão cantores conhecidos como: Rihanna, Snoop Dog e Miley Cyrus. Na legenda de seu post, Felipe Neto escreveu: “Segundo os policiais responsáveis por essa palhaçada contra o Filipe Ret, esses são os mais perigosos do mundo”, debochou ele. 

Nessa terça-feira (19), o cantor Filipe Ret foi acordado por agentes da Polícia Civil do Rio de Janeiro, que cumpriram mandado de busca e apreensão em Angra dos Reis, após uma suposta distribuição gratuita de cigarros de maconha em uma festa do rapper realizada há cerca de um mês. 

O cantor estava hospedado em um hotel de luxo em Angra dos Reis e não ofereceu resistência. O celular de Ret foi apreendido. A operação também aconteceu em mais cinco endereços ligados ao cantor. Ret chegou a ser detido e conduzido até a Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE), o músico se manteve em silêncio durante as perguntas dos agentes.