Fechar
Flow Podcast

Fernanda Paes Leme alfineta Tabata Amaral após entrevista no Flow

Após o debate com a deputada federal no Flow a atriz se manifestou sobre o assunto pautado na entrevista

Vitor CaiqueRepórter do EM OFF

Em entrevista com a deputada Tabata Amaral (PSB-SP) na noite da última segunda-feira (7), o apresentador do Flow Podcast, Monark, defendeu a criação de um partido nazista formalizado pela Justiça Eleitoral Brasileira. A proposta é contrária aos princípios básicos da constituição, como a promoção do “bem de todos, sem preconceitos de origem, sexo, cor, raça, idade e quaisquer outras formas de discriminação”.

Eu acho que a esquerda radical tem muito mais espaço que a direita radical. Eu acho que as duas tinham que ter espaço. Eu acho que o nazista tinha que ter um partido político reconhecido pela lei. Se o cara quiser ser antijudeu, eu acho que ele deveria ter o direito de ser”, declarou Monark. 

Após a declaração polêmica, diversos famosos e pessoas do público, em geral se manifestaram criticando as falas do apresentador durante o debate com a deputada. Entre os comentários, a atriz e apresentadora Fernanda Paes Leme se manifestou através de sua conta do Twitter indignada com as falas do apresentador do podcast e criticando a postura de Tabata no decorrer da conversa.

“Como alguém se sente à vontade pra defender a criação de um partido nazista em 2022? Como essa pessoa tem uma plateia que ouve e não levanta e vai embora? Como essa plataforma pro nazismo ainda tem patrocinadores? Como sobreviver no Brasil sem surtar com tudo que acontece?”, comentou Fê.

Continua após a publicidade

Não há desculpas pra defender uma prática criminosa. As pessoas precisam pagar pelos absurdos que falam e fazem. Vão normalizando coisas achando que são apenas exageros de expressão e aí temos alguém falando num podcast sobre formalizar o nazismo com a maior naturalidade do mundo“.

Após as declarações da atriz, diversos seguidores reagiram à postagem mostrando indignação com o episódio polêmico e com a postura da deputada federal em não tomar uma atitude mais “séria”, além de rebater as falas totalmente pesadas e desnecessárias de Mornark. “Lamentável esse tipo de situação, acho que a deputada que estava lá deveria ter jogado um copo com água na cara dele ( aí ficava bom, já que disse que tava bêbado) e depois se retirava do programa”, comentou uma seguidora da atriz.

Outros internautas repercutiram as mensagens postadas pela apresentadora global, respondendo negativamente a crítica de Fernanda perante a deputada: “Essa crítica indireta a Tabata é injusta. Ela foi firme e manteve-se integra na discussão, sustentou brilhantemente este e outros pontos como combate ao racismo, desigualdade, saúde da mulher, etc. Se tivesse ido embora certamente seria acusada de “chiliquenta”.

Confira a mensagem de Fernanda Paes Leme: