Fechar
NOTÍCIA TRISTE

Humorista Paulo Gustavo morre aos 42 anos

Ator e humorista morreu devido a complicações da Covid-19; ele deixa o marido Thales Bretas e dois filhos

Danilo ReenlsoberRepórter do EM OFF

O ator e humorista Paulo Gustavo morreu nesta terça-feira (04) após complicações decorrentes da Covid-19. Ele foi internado num hospital particular do Rio de Janeiro no dia 13 de março, foi encaminhado à UTI (Unidade de Terapia Intensiva) uma semana depois e entubado devido à piora no seu quadro de saúde.

[Atualização] A informação foi confirmada pela assessoria do ator. “Às 21:12h desta terça-feira, 04/05, lamentavelmente o paciente Paulo Gustavo Monteiro faleceu, vítima da COVID-19 e suas complicações“, diz o texto.

Em todos os momentos de sua internação, tanto o paciente quanto os seus familiares e amigos próximos tiveram condutas irretocáveis, transmitindo confiança na equipe médica e nos demais profissionais que participaram de seu tratamento”, ressalta a nota. “A equipe profissional que participou de seu tratamento está profundamente consternada e solidária ao sofrimento de todos“.

Ele entrou em procedimento de morte cerebral na tarde desta terça. No meio médico, isso compreende a equipe médica estabelecer quando o cérebro deixa de funcionar de maneira irreversível e as condutas a serem adotadas a partir daí.

Continua após a publicidade

A família foi chamada às pressas para o hospital pela manhã para que fosse informada sobre o quadro do artista. Ele deixa marido, o dermatologista Thales Bretas, dois filhos e uma leva apaixonada de fãs.

Nesta segunda-feira (03), a equipe médica que cuidava do ator divulgou que o quadro de saúde do artista havia piorado após uma embolia, que causou também insuficiência cardíaca e lesões cerebrais. “Depois de alguma melhora, Paulo Gustavo subitamente piorou no dia de ontem“, diz um trecho da nota.

Ontem [domingo, dia 02] à tarde, após redução dos sedativos e do bloqueador neuromuscular, o paciente acordou e interagiu bem com a equipe profissional e com o seu marido. À noite, subitamente, houve piora acentuada do nível de consciência e dos sinais vitais, quando novos exames demonstraram ter havido embolia gasosa disseminada, incluindo o sistema nervoso central, em decorrência de uma fístula bronquíolo-venosa“, ressaltou.

Por isso, a situação clínica do humorista era vista como instável e de extrema gravidade. No começo do mês, Paulo Gustavo foi submetido à um equipamento chamado ECMO, uma espécie de pulmão artificial que permitia que o ator pudesse respirar.

Durante todas as semanas nas quais o ator e humorista esteve internado, familiares e amigos pediram uma corrente de oração nas redes sociais pela recuperação do artista. O EM OFF lamenta a morte de Paulo Gustavo e deixa registrado nosso apoio e condolências à família.

O jornalista Erlan Bastos comentou sobre a situação envolvendo Paulo Gustavo em seu perfil no Instagram:

Tem alguma foto? print? vídeo? ou áudio de alguma fofoca? envie um e-mail para contato@portalemoff.com.br sua identidade será mantida no mais absoluto sigilo

Tags Relacionadas: