Fechar
Presa

Influencer Kamila Simioni é detida após ser acusada de agressão por ex-funcionária

A Influenciadora foi acusada de agredir uma ex-funcionária após ser cobrada com o valor de R$ 213

Augusto ViannaRepórter do EM OFF

A empresária e digital Influencer Kamila Simioni, de 35 anos, foi detida nesta terça-feira (28), após ser acusada de agressão por uma ex-funcionária. Kamila, que é dona de uma rede de salões de beleza e lojas de sapatos e acessórios em Belo Horizonte, teria agredido a moça dentro do escritório da empresa, no centro da capital.

A vítima relata que, além de ser agredida, sofreu humilhação e foi demitida aos gritos. A influenciadora, que tem mais de 340 mil seguidores no Instagram, comentou o ocorrido nos stories do seu perfil na rede social. Ela foi à delegacia para prestar esclarecimentos, mas não permaneceu presa. A vítima preferiu não se identificar.

Tudo ocorreu quando a ex-funcionária se dirigiu até o escritório para realizar o acerto de contrato com Kamila e a diretora comercial da empresa. Ela percebeu que faltavam cerca de R$ 213 de comissão pelas vendas. Logo as duas acabaram se exaltando por conta do questionamento, começaram a xingá-la e logo partiram para as agressões físicas.

Me empurrou, eu já cai no chão, bati a cabeça e eu só queria sair da sala porque meu medo era ficar na sala ali mesmo elas me desovarem”, contou ela ao site BHZA. Ela ainda relatou mais detalhes sobre o ocorrido. “Primeiro ela falou: ‘some daqui, desapareça da minha frente, você não vai ter um centavo’. Nisso que eu fui saindo, e escutei [a diretora comercial]: ‘a vontade que eu tenho é de matar você’”.

Continua após a publicidade

Nesse momento, a mulher perguntou à diretora se ela gostaria de bater nela. “Eu disse: ‘você quer me bater, então bate’. Nisso ela me deu dois tapas de virar o rosto e a Kamila veio no cabelo, puxando o cabelo e me chutando no chão”. Ainda segundo a vítima, quando ela conseguiu sair do local, uma funcionária do salão apareceu, impediu a sua saída e xingou ela com palavras de baixo calão. “Nisso ela veio puxou meu cabelo que veio até o chão”, contou.

A ex-funcionária ainda disse que em determinado momento conseguiu descer no elevador e sair do local onde estava sendo agredida e xingada tanto por Kamila quanto pela diretora comercial. Ela ainda contou que duas mulheres foram  até o local para separar a confusão entre elas. Já na Praça da Estação, próximo ao local, a vendedora conversou com a guarnição municipal, que a orientou a ligar para a Polícia Militar. 

Os guardas impediram que a influenciadora saísse do prédio no momento em que ela estava conduzindo o carro para fora da garagem. A vendedora foi levada para o hospital e, em seguida, realizou o boletim de ocorrência. De acordo com o R7, Kamila Simioni foi levada para a Ceflan 2 (Central de Flagrantes), na região Leste de Belo Horizonte, assinou um Termo Circunstanciado de Ocorrência e foi liberada após prestar depoimento.

Se posicionou

Diante de toda a situação, Kamila foi até as redes sociais debochar sobre o ocorrido. “Aqui estou mais um dia sob o olhar sanguinário do vigia”, ironizou Kamila no carro da polícia, enquanto estava sendo conduzida para a delegacia com a diretora comercial. As duas aparecem rindo nos vídeos. “Lá vai a pessoa indo para a delegacia de novo”, diz a influenciadora. Em outro story, ela mostrou o próprio salto com a legenda “plena”.

Enquanto isso, a ex-funcionária relatou que realizou o exame de corpo delito no IML (Instituto Médico Legal) e a sofreu ameaças na própria delegacia. “Ela me ameaçou de morte com dois policiais lá dentro”, disse a mulher, que ainda contou que relatou a fala aos policiais, mas a influenciadora a chamou de louca e negou as acusações.

No Instagram, Kamila negou as acusações. “Tenta de novo, tá, meu amor? Continue tentando. Todo dia sai um bobo de casa, e esse bobo não sou eu. […] Falar, até papagaio fala, provar é difícil. Enquanto você tiver dinheiro, sempre terão aqueles urubus, que não gostam de trabalhar, querendo tomar o que você conquistou. Mas, nunca conseguirão. Vai trabalhar, mulher! Vai trabalhar que Deus vai te abençoar”, disse ela.

Mais tretas

Kamila Simioni é conhecida pelas polêmicas que se envolveu no decorrer da carreira. Ela ficou famosa ao alegar que seria amante do cantor Tony Salles enquanto Sheila Carvalho estava confinada em A Fazenda. Tempos depois, ela criou uma grande confusão com a ex-Big Brother Brasil Patrícia Leite ao fazer comentários ofensivos sobre a loira. E, não contente, Kamila brigou feio com Jojo Todynho e até mesmo ameaçou agredir a carioca. Foram diversas trocas de farpas e xingamentos na internet entre as duas.