Fechar
CRIME

Influenciadora Aline Borel foi assassinada por engano, diz Polícia Civil

A blogueira teria sido confundida com uma informante de uma suposta milícia, o que não é verdade, segundo a polícia

Danilo ReenlsoberRepórter do EM OFF

A influenciadora Aline Borel, encontrada morta em abril com marcas de tiros na Praia do Dentinho, em Araruama, na Região dos Lagos, no Rio de Janeiro, pode ter sido assassinada por engano. É isso o que indica a investigação conduzida pela Polícia Civil do Rio. Quatro suspeitos do homicídio foram identificados. Todos já estão presos por tráfico de drogas.

De acordo com o G1, a polícia apontou que o crime teria sido motivado pela amizade da blogueira com pessoas que ligadas, supostamente, a uma milícia que estaria tentando se implantar no bairro do Corte. Assim, os suspeitos do assassinato desconfiaram que Aline seria uma informante da suposta milícia. Essa hipótese, no entanto, foi descartada pelas investigações policiais.

Câmeras de segurança registraram o momento em que Aline é levada de moto pelos suspeitos até o local da execução. Ainda segundo a polícia, os assassinos abordaram a influenciadora e mostraram a foto de um dos homens da suposta milícia e ela disse que o conhecia. Os criminosos informaram que ele teria que pagar pelo resgate dela e Aline aceitou subir na moto dos executores.

Os quatro bandidos apontados como os executores de Aline Borel já estavam presos por tráfico de drogas. Eles foram indiciados por homicídio triplamente qualificado. A polícia ainda investiga se a arma usada no crime, um revólver calibre 38, foi a mesma apreendida em uma operação da Polícia Militar do Rio de Janeiro no local após o crime.

Continua após a publicidade

Relembre

A influenciadora digital Aline Borel dos Santos, de 28 anos, foi encontrada morta no dia 21 de abril na Praia do Dentinho, no município de Araruama. Segundo informações da polícia, a moça foi alvejada com dois tiros no rosto. A equipe de Aline Borel, que estava afastada das redes sociais, se pronunciou e pediu por justiça pelo crime.

“Estamos abalados e tristes com essa notícia. Que Deus conforte a família, amigos e todos que tinham carinho pela Aline. Você nunca será esquecida. Justiça por Aline Borel!”. Aline Borel ficou conhecida após seus vídeos caseiros viralizarem na internet. Neles, ela aparecia cantando músicas famosas e versões de sucessos internacionais.

Posteriormente, a moça ficou ainda mais famosa por seus memes e figurinhas animadas, que são comumente usadas nas redes sociais. Apesar de ser muito querida pelos internautas, a jovem sofria de depressão e ansiedade, o que acarretou em seu afastamento das redes sociais. Em abril de 2019, a equipe da influenciadora publicou um comunicado no Instagram, anunciando o afastamento da moça das plataformas digitais.