Fechar
Tragédia

Influenciadora de Valinhos, Bruna Quirino é morta pelo marido

Influenciadora Bruna Quirino foi morta pelo marido à facadas em frente a filha de 20 anos

Aline TorresRepórter do EM OFF

A influenciadora digital Bruna Quirino, de 38 anos, foi morta pelo marido no apartamento em que viviam em Valinhos, no estado de São Paulo. Após o assassinato, o homem tentou ferir a filha do casal, de 20 anos. Não conseguindo, ele acabou se matando. Quando a polícia chegou ao local, Bruna já estava morta.

O crime aconteceu na noite deste domingo (05). A Guarda Municipal afirmou que foi chamada ao local por volta das 23h para atender a um chamado de briga de casal, mas quando chegou, já se deparou com os corpos de Bruna e do marido, um ao lado do outro, já sem vida.

A filha de 20 anos do casal estava no quarto quando ouviu a briga dos pais e saiu para o ver o que estava acontecendo. Ao sair, se deparou com a mãe esfaqueada. Foi quando o pai avançou para feri-la, mas ela conseguiu se trancar no quarto. Bruna teria tentado pedir socorro, mas acabou caindo na escadaria do prédio.

Foi quando o marido dela cometeu suicídio. A filha do casal foi encontrada em estado de choque e em seguida levada para a UPA de Valinhos e recebeu o atendimento necessário. Ao receber alta, voltou para o apartamento. Segundo o G1, a Prefeitura se colocou à disposição da jovem caso ela necessite de atendimento psicológico na rede pública do município.

Continua após a publicidade

A ocorrência foi registrada na delegacia como homicídio, suicídio e violência doméstica e será investigada pelo 1º Distrito Policial de Valinhos. A faca utilizada no crime e dois celulares foram apreendidos de acordo com Secretaria Pública de São Paulo (SSP-SP) e serão usadas para investigar com mais profundidade supostas motivações.

Bruna Quirino era influenciadora digital e atualmente conta com 32 mil seguidores no Instagram. Em seu perfil, tratava sobre moda, cabelo, cuidados com a pele e mostrava aos seguidores sua rotina na cidade paulista. Ela, inclusive, gravava e postava vídeos com o marido, fazendo dublagens ou em momentos descontraídos.

Antes de ser assassinada, Bruna fez uma série de publicações nos stories do Instagram afirmando estar se preparando para fazer conteúdo para seu canal no YouTube. Rodrigo Quirino, de 40 anos, se dizia um homem “casado, pai, família e feliz” nas redes sociais. Veja a seguir alguns vídeos do perfil de Bruna, inclusive, com participação do marido:

Tem alguma foto? print? vídeo? ou áudio de alguma fofoca? envie um e-mail para contato@portalemoff.com.br sua identidade será mantida no mais absoluto sigilo