Fechar
nova cantora

Internautas detonam capa do primeiro single de Deolane Bezerra

Carreira musical da advogada terá início neste fim de semana, com lançamento de música e show em SP

Danilo ReenlsoberRepórter do EM OFF

A advogada Deolane Bezerra, viúva do funkeiro MC Kevin, que morreu em maio, resolveu seguir os passos do ex-companheiro e dar início à sua carreira musical. A influenciadora, que já soma mais de 12 milhões de seguidores no Instagram, estourou nas redes sociais logo após a morte do artista, que caiu da sacada de um quarto no quinto andar de um hotel localizado na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro.

“Meu Menino” é a primeira música de trabalho da advogada e digital influencer e chega às plataformas digitais na sexta-feira (19). Antes da estreia da música e do clipe, o colunista Leo Dias, do portal Metrópoles, divulgou a arte de capa do primeiro single da nova cantora. O resultado, no entanto, parece não ter agradado e Deolane virou chacota nas redes sociais.

Isso é falta de amigo pra avisar que não tá legal. As pessoas que cercam ela só elogiam…“, disparou um internauta no Twitter. “Melhor ela voltar para o Direito“, resumiu outro usuário da mesma rede social. “Parece a Tiffany, noiva do Chuck“, comparou mais um internauta. “Nenhum dinheiro do mundo vai fazer essa mulher se torna chique, olha a breguice. Fora que tá explorando o máximo a imagem do falecido, até quando“, questionou outro.

Além do lançamento da sua primeira música e do clipe, Deolane Bezerra também faz neste fim de semana, em São Paulo, seu primeiro show. O “Baile da Doutora” vai acontecer neste sábado, dia 20 de novembro, no Varanda Estaiada. Os ingressos para os camarotes foram esgotados em apenas quatro horas após a abertura da bilheteria. Os ingressos para o evento variam entre R$ 120 e R$ 300.

Continua após a publicidade

Abriu o jogo

No começo do mês passado, Deolane Bezerra usou as redes sociais para comentar a morte de MC Kevin e dizer que pretende manter seu “legado”. A advogada e influenciadora também falou sobre os planos de seguir propagando o nome do funkeiro e sobre o início de sua carreira como cantora. Recentemente, ela até passou a fazer aulas de discotecagem para ataca também como DJ.

“Gente, como a minha vida mudou. Vocês me dão tanta força para prosseguir que vocês não têm noção. Às vezes, eu fico mega preocupada e tensa porque as coisas estão acontecendo muito rápido e eu vejo tanta mulher falando que se espelha em mim, que eu sou forte, guerreira…”, disse. “O meu [amor] pelo Kevin sempre fica guardadinho aqui dentro do meu coração, mas eu tento prosseguir, porque esse é o meu dever e tem muitas pessoas ao meu redor que precisam de mim“.

Eu lutei muito para chegar onde cheguei. Não digo na parte da fama, porque foi algo muito trágico o que aconteceu na minha vida que derivou na fama, mas para jantar, ir em festas, usar o que eu uso e ajudar pessoas, eu lutei, virei noites em claro para me tornar a Deolane que eu sou hoje. Ver vocês falando que se espelham em mim, me dá muita alegria“, ressaltou a viúva do funkeiro.

Por fim, ela falou sobre o início de sua carreira musical. “Quando eu falo em seguir o legado do Kevin, não é como cantora, porque ele era artista de ponta e fazia coisas inimagináveis. Quando digo isso é sobre transbordar amor, porque era isso o que ele fazia com as pessoas próximas a ele. Esse é o legado que eu quero dar continuidade. Quero ajudar pessoas como ele ajudava“, explicou.

Eu nunca vou ser cantora como ele, eu venho da área do direito. Não me comparem a ele jamais, o artista que o Kevin era e vai continuar sendo é incomparável. Nunca vou ser uma cantora ou compositora como ele, mas estou estudando muito para quando subir no palco levar muita alegria para vocês e dar o meu melhor. Esse vai ser o maior desafio da minha vida“, finalizou.

Capa do primeiro single de Deolane Bezerra (Reprodução)

Você usa TELEGRAM? Então entre no nosso canal e receba nossas notícias no seu celular.
Basta clicar aqui -> https://t.me/portalemoff