Fechar
Internautas relembraram

Internautas pedem que conta no Youtube de PC Siqueira seja banida

Internautas questionaram os motivos pelo qual PC Siqueira não teve a conta banida no Youtube assim como Monark

Aline TorresRepórter do EM OFF

O nome de PC Siqueira apareceu nas primeiras posições dos trending topics do Twitter nesta sexta-feira (18). O motivo é que o youtuber foi lembrado pelo internautas ap´ós a polêmica envolvendo o influenciador Monark. O fato é que alguns internautas não entendem por que Monark foi banido do YouTube e PC Siqueira não.

Para entender melhor, relembre o caso envolvendo o ex-apresentador do “Flow Podcast”. Em um dia normal de entrevista, Monark teve a infeliz fala de que era a favor da criação de um partido nazista no Brasil. A retaliação foi imediata e o “Flow” acabou perdendo patrocínios importantes como da Coca-Cola e Ifood.

Internautas começaram uma onda de cancelamento e no dia posterior à entrevista, o nome de Monark era o mais comentado no país. O assunto sobre nazismo voltou à palta, o holocausto, onde 6 milhões de judeus foram mortos durante a segunda guerra mundial, foi relembrado. Entidades judaicas se pronunciaram sobre o caso, sendo totalmente contra as palavras do youtuber.

As consequências continuaram para Monark e dessa vez, ele anunciou através das redes sociais, que o Youtuber decidiu suspendê-lo da plataforma por tempo indeterminado. Ele não poderá monetizar como criador de conteúdo na plataforma, muito menos poderá burlar os termos de uso usando a conta de um terceiro.

Continua após a publicidade

PC Siqueira foi relembrado após o caso Monark, pelo fato que o ex-apresentador da MTV esteve envolvido em uma investigação sobre uma suposta pedofilia praticada por ele. Outra polêmica envolvendo o ex-vj, foi quando ele publicou uma foto abraçando uma estatua de Josef Stalin e fez um comentário polêmico na publicação: “Matou pouco”.

“PC Siqueira acusado de pornografia infantil tá jogando vídeo a rodo no YouTube e não teve nenhuma “punição” dos caras! “Ah, mas foi fora da plataforma!” Leia o e-mail. Esse ‘um peso duas medidas’ que me irrita”, disse um internauta indignado. “Minha opinião sobre Monark e PC Siqueira provavelmente me botaria mais fácil que eles no lugar onde ambos deveriam estar”, disse outro usuário do twitter.

Entenda

PC Siqueira foi investigado por crimes sexuais contra criança e adolescente pela Polícia Civil de São Paulo, após o jornalista Erlan Bastos publicar áudios onde o YouTuber afirmava ter “traços de pedofilia”. O inquérito policial estava em curso desde junho de 2020, e em 23 de fevereiro de 2021, o jornalista Gabriel Perline teve acesso aos laudos da Superintendência da Polícia Técnico-Científica de São Paulo e publicou os resultados.

Os laudos periciais realizados em diversos aparelhos eletrônicos e de informática apreendidos na casa de PC, mostram que o YouTuber não armazenava ou compartilhava fotos e vídeos de conteúdos pornográficos de menores de idade. Além disso, não foi encontrada conversas com teor sexual envolvendo crianças ou adolescentes, e no histórico não constam buscas sobre o tema em sites de pesquisa.

A única conversa encontrada foi a conversa com uma mulher chamada Vanessa, onde PC diz “Na verdade , eu sou pedófilo” e “Tenho essas coisas para atrair menores de idade“. Porém, ambas foram extraídas de um contexto bricalhão. O Portal Em Off também foi informado que em alguns aparelhos eletrônicos a perícia não foi feita de forma completa, pois o software forense da polícia civil não consegue recuperar alguns tipos de arquivo.