Caso de polícia

Irmã de Deolane fala do envolvimento da família com PCC

Em meio à polêmica, Daniele Bezerra, irmã da influenciadora, se pronunciou

Nayara Vieira
Repórter do EM OFF

Nesta quinta-feira (14), a polícia foi até a mansão de Deolane Bezerra, localizada em Alphaville, bairro nobre de São Paulo, com uma investigação do Ministério Público. Ela passou a ser investigada por suposto crime contra economia popular e associação criminosa. Em meio à polêmica, Daniele Bezerra, irmã da influenciadora, se pronunciou. Segundo a advogada, a família não está envolvida com o Primeiro Comando da Capital (PCC).

Por meio de alguns vídeos nos stories, Daniele afirmou que além de Deolane outros influenciadores estavam sendo investigados por causa de uma empresa, mas alegou que a mesma é legal. “Tanto a Deolane, quanto vários influenciadores estão sendo investigados por causa de uma empresa de trader esportivo, que também já nos ligou e está com as provas de que a sua empresa é legal. Aí vem dizer que tem envolvimento com o PCC”, começou ela.

“Eu não vou falar mais porque o processo segue em segredo de Justiça e eu ainda respeito a Justiça desse país. Então se for falar falem a verdade. Podem mandar processo! Podem mandar processo!”, disparou a irmã da influenciadora. Como adiantou o EM OFF, que teve acesso ao boletim de ocorrência, Deolane Bezerra teve vários bens apreendidos pela polícia como: notebooks, celulares, artigos de luxo, dentre outros.

Nas redes sociais, Deolane se pronunciou por meio da sua assessoria. “A assessoria jurídica da advogada e influenciadora Deolane Bezerra comunica que, no dia de hoje a influenciadora recebeu em sua residência a equipe de investigação do 27º DP, ao qual cumpriram a ordem judicial de busca e apreensão a fim de coletar provas para o inquérito policial que busca investigar diversos influenciadores que fizeram publicidades para a empresa Betzord, a qual atua no segmento de jogos e apostas esportivas online”, dizia um trecho da nota.