Fechar
Não gostou

Jakelyne Oliveira se revolta com organização do Miss Brasil

Jakelyne Oliveira se disse indignada pelo fato de Julia Gama, a Miss Brasil 2020, ter sido desconvidada para a cerimônia de 2021

Aline TorresRepórter do EM OFF

A Miss Brasil e influenciadora Jakelyne Oliveira não gostou nada de saber que a atual detentora do título e vice-Miss Universo, Julia Gama, foi desconvidada pela organização do concurso para a cerimônia de troca de faixa do Miss Brasil 2021. Na ocasião, ela encerraria seu reinado na tradicional celebração do concurso de beleza mais famosos do país.

A ex-Fazenda se pronunciou nos stories sobre a situação e se disse indignada, chateada e revoltada com a situação. Ela afirmou ainda ser falta de ética e profissionalismo desconvidar a vice-miss Universo para uma tradição do concurso anual. Ela enfatizou que a colega jamais deixará de ser a vencedora do concurso brasileiro do ano de 2020 e que ficou em segundo lugar no Miss Universo do mesmo ano:

“Uma coisa que vi hoje a tarde e que me deixou extremamente indignada, revoltada, chateada, porque me coloquei no lugar da Julia. Eu não sei o que aconteceu, mas independentemente de qualquer coisa, é de uma falta de responsabilidade, ética e profissionalismo tirar o direito da Miss Brasil de passar a faixa. Encerrar o seu reinado. Porque a Julia será eternamente a Miss Brasil 2020, e a vice Miss Universo. É falta de ética”, começou Jake.

A namorada de Mariano ainda enfatizou que a cerimônia de premiação é o sonho de toda jovem que compete pela coroa no concurso de beleza: “O sonho de todas as meninas, quando participam o concurso, é ganhar o Miss Brasil. E logo após ganhar, e ter o seu reinado, é entregar a faixa, finalizar o seu reinado. Passar a sua mensagem. Sinceramente é uma falta de respeito não só com a Julia, mas com todos os admiradores do mundo miss”.

Continua após a publicidade

A miss finalizou mandando um recado para Julia: “Julia, você será eternamente lembrada como a Miss Brasil 2020, pelo seu reinado maravilhoso, pelo segundo lugar no Miss Universo após anos. Independentemente de você estar lá passando a faixa e a coroa, você será lembrada com muito orgulho, porque é isso que você representa para nós. Você levou a nossa bandeira e nos representou lindamente”, completou.

Entenda

A Miss Brasil 2020 e vice-Miss Universo 2020, Julia Gama, fez uma postagem nas redes sociais informando os seguidores que a organização do Miss Brasil enviou uma mensagem afirmando que ela estava desconvidada do evento, sem falar o verdadeiro motivo para a situação. A principal suspeita, de acordo com internautas, é o posicionamento da miss contra o governo de Jair Messias Bolsonaro.

Julia fez um vídeo vestindo a camisa da seleção brasileira, afirmando ser contra o atual governo. Curiosamente, o dono do concurso é o empresário bolsonarista Winston Ling, que inclusive foi quem apresentou Paulo Guedes ao presidente. Marthina Brandt, ex-Miss Brasil, diretora-executiva do concurso, é esposa do empresário bolsonarista e líder do movimento pró-governo, Brasil 200, Gabriel Kanner.

“Esta foi a decisão da Organização do Miss Universo Brasil, que após haver formalmente me convidado para participar do evento, há poucos dias atrás me enviou um novo e-mail dispensando minha presença. Como eles não deram explicações do porquê de tal decisão me resta respeitar a decisão deles mesmo sem entendê-la”, disse Julia Gama em trecho do texto publicado por ela nas redes sociais.

“Não posso dizer que sou indiferente a esta situação porque não sou. Eu dediquei tudo de mim ao título de Miss Universo Brasil para representar para o mundo a Organização Miss Universo Brasil, a cada um de vocês e o Brasil da melhor forma que eu poderia fazer. E mesmo que compartilhássemos de opiniões distintas e, até mesmo, valores conflitantes, eu acredito que juntos, eu e a Organização do Miss Universo Brasil realizamos um trabalho incrível juntos, que nos rendeu inclusive o título de Vice Miss Universo”, disse ainda.

“Com a minha consciência tranquila, de ter feito o meu melhor, de ter sido fiel aos meus valores e de sim, ter por vezes errado, mas aprendido com meus erros, eu abro mão do meu ego (que gostaria de viver este momento especial de despedida), e digo que desejo o melhor ao evento e o sucesso da nossa nova Miss Universo Brasil. Porque antes de querer brilhar como pessoa, eu quero que o Brasil brilhe: então convido todos vocês a torcerem por ela como torceram por mim”, concluiu Julia.

Você usa TELEGRAM? Então entre no nosso canal e receba nossas notícias no seu celular.
Basta clicar aqui -> https://t.me/portalemoff