Fechar
ABRIU O CORAÇÃO

João Zoli sofre ataques na internet e desabafa: ‘Crueldade’

João Zoli, modelo e ex-participante de A Fazenda 10, fez um longo desabafo sobre as mensagens de ódio que anda recebendo

Adriel MarquesRepórter do EM OFF

João Zoli, ex-peão de A Fazenda 10 (Record), recorreu aos Stories do Instagram para fazer um longo desabafo. O modelo e ex-noivo de Gabi Prado, abriu o coração e mostrou um lado frágil, expondo seus medos e aflição. O artista teria ficado com Maju Mazalli, que também era amiga da ex-companheira.

O músico e modelo João Zoli, não costuma se expor, pela primeira resolveu falar sobre as especulações envolvendo o seu nome: “Devido aos acontecimentos dos últimos dias, me vi forçado a me posicionar pela primeira, única e última vez sobre o assunto publicamente. Como muitos que me seguem podem perceber, meu foco aqui é estar inteiramente presente como artista, entendendo minha trajetória como pessoa pública ao longo dos últimos anos”.

“Durante muito tempo escolhi não absorver e nem expor o que vinha acontecendo, contudo, aqui está meu sincero posicionamento. Nunca me senti no direito de questionar a forma como o outro se sentia, o que também não me fez querer buscar a razão, mas beira o absurdo e a crueldade virtual e a consequência de algumas escolhas e também do meu silêncio”.

O finalista de A Fazenda 10, João Zoli, garantiu o 2° lugar na atração de confinamento. Segundo o artista, as pessoas que estão próximas dele estão sendo sempre ameaçadas: “Não só a minha vida, mas a vida de qualquer um que tem contato comigo, passou a ser atacada e perseguida. No meu último relacionamento de 9 meses, a pessoa com quem me envolvi, teve sua casa e endereço descoberto. Foram incontáveis as mensagens de ameaça, ofensa, muitas tocando em feridas única e exclusivamente sobre ela. Hoje, pra que fique claro, passei a ter receio de dar qualquer passo. O que pode ser provado com a última notícia e sua repercussão negativa”.

Continua após a publicidade

“Não existe uma única pessoa que convive comigo, que quando é postado ou citado, ou minimamente esteja próximo a mim não é exposto. Incluído em grupos, de forma aleatória, sendo diretamente atacado. Eu aceitei minha vulnerabilidade como pessoa pública e sempre me responsabilizei por essa escolha, mas infelizmente nos últimos meses eu sou diariamente exposto a inverdades, ataques, que chegam de todos os lados”.

O modelo e cantor, que lançou recentemente o sucesso Capitã Marvel, falou também sofre ser mais contido e não se defender: “Eu não tentei me defender, mas procurei no meu silêncio cuidar da minha saúde mental. Os que convivem comigo sabem o quanto isso fez com que eu me sentisse perseguido, acanhado, inseguro, sem muitas vezes saber o que fazer para que ao menos, fossem controlados. Quantas vezes eu me vi sozinho, com amigos se fazendo presentes, numa preocupação tremenda por saberem desse caos. Inclusive, muitas das pessoas que estiveram nesses grupos de forma aleatória, se manifestaram perguntando o porquê disso tudo. Eu, na expectativa de amenizar e na esperança disso logo acabar, pedia que nada fosse dito, nem respondido, apenas ignorado”.

“Ouvi de muitos que isso acabaria logo, mas a que ponto chegamos, né? Quanto a situação que envolveu a Maju, o maior equívoco na internet hoje é acreditar que o outro ou a vida do outro, é a propriedade de alguém. Eu vejo como covardia os ataques e julgamentos com ela, não só com ela mas com todos ao seu redor, como mulher e principalmente, como uma pessoa livre acima de tudo”.

Sobre o ex-relacionamento com Gabi Prado e a participação em A Fazenda, João Zoli disparou: “Eu entendo e assumo a minha responsabilidade sobre o que aconteceu, mas, me diz o que afinal aconteceu? Eu fechei um ciclo a 2 anos, quando escolhi seguir em frente e não consigo acreditar que um acontecimento tome essa proporção, 2 anos depois. Não vou me condenar, como querem, muito menos condenar ninguém por isso. Não houve falta de empatia, falta de cuidado, vontade ou intuito de atingir alguém e tantas outras falas”.

“Não houve a intenção de se expor e sim se preservar, justamente por empatia. Assim como não houve a intenção de se esconder, pois quando vieram procurar a verdade, a verdade foi dita. E como eu acredito, doa a quem doer, escolha sempre a mesma. A internet se tornou um grande buraco negro de caos, sofrimento, frustração e condenações. Os confrontos mostram o quão intolerante e injusto é estar aqui, todos os dias”.

João Zoli reforçou os ataques que sofre e críticas após a notícia do envolvimento com Maju Mazalli viralizar: “As pessoas avaliam, julgam e criticam diante de um contexto isolado e a partir daí, se cria uma imagem completa daquele episódio. Aquilo se torna uma verdade absoluta que fere, reprime e agride, sua saúde mental, sua vida e sua alma. O medo e o pânico é tanto, que vivemos presos nessa ideia de erros e acertos , nessa expectativa de perfeição, que não existe”.