Fechar
REVOLTA!

Jogadora faz comentário homofóbico sobre Paulo Gustavo: ‘Foi para o inferno’

Numa publicação no Facebook, a atleta da Seleção Brasileira disse que o humorista "foi para o inferno", o que revoltou o apresentador Neto

Danilo ReenlsoberRepórter do EM OFF

O craque Neto, ex-jogador e apresentador da Band, criticou a jogadora Chú Santos, atleta do Palmeiras e da Seleção Brasileira que, no fim de semana, se envolveu numa polêmica ao comentar a morte de Paulo Gustavo. Ela disse, numa postagem do Facebook, que o humorista iria “para o inferno”. Nesta segunda-feira (10), Neto disse que a jogadora é “idiota” e “imbecil”.

N domingo (09), Chú respondeu uma publicação no Facebook que comparava a morte do cantor e pastor Irmão Lázaro e do humorista Paulo Gustavo. A postagem apontava que a Covid-19 não escolhe gênero, raça ou idade. A jogadora de futebol, no entanto, escreveu que ambos “morreram pelo mesmo vírus, a diferença é: que um, Lázaro, foi para o céu e Paulo Gustavo, para o inferno”.

Durante o programa “Baita Amigos”, do canal Bandsports, Neto se irritou e criticou a opinião de Chú. “Palmeiras, vocês tem que rescindir o contrato dela, tem que mandar ela embora, porque ela representa o Palmeiras. E mais, nunca mais vestir a camisa da Seleção, nunca mais representar o Brasil“, disse. “O que essa menina falou é a maior barbaridade que ouvi nos últimos tempos, com 400 mil pessoas morrendo de Covid, sendo que nós temos a vacina”, revoltou-se.

E aí vem uma imbecil, uma idiota – e pode me processar, não tem problema nenhum, e pode pedir direito de resposta aqui também… E quando você fala que Paulo Gustavo vai para o inferno, talvez não seja ele, muito pelo contrário!”, irritou-se. “O futebol feminino sempre foi recriminado, sempre sofreu um preconceito do caramba, aí vem uma zé ruela e diz uma barbaridade dessas defendendo o pastor dela, que vai pro céu. Graças a Deus que ele vai, mas o Paulo Gustavo vai também!”, completou.

Neto não foi o único a comentar a fala da jogadora. A ex-atleta do Verdão, Stefany Krebs, desabafou nas redes sociais. “Penso que a jogadora convive com muita gente que é homossexual, sabe o quanto é o sofrimento do preconceito… Como pode?! Muito triste disso!“.

Temos uma atleta do nosso meio que, sem o mínimo de respeito e amor ao próximo, vem com seu falso moralismo, julgando e atacando pessoas, como se não cometesse nenhum tipo de erro na vida“, disse a atacante Cristiane, do Santos e da Seleção.

Com as críticas, Chú compartilhou um vídeo no Twitter se desculpando pela fala insensível sobre a morte de Paulo Gustavo. Ela disse que a frase foi “um impulso” e que não iria se repetir. “Podem ter certeza que não vai mais acontecer. Foi um impulso que acabou gerando esse comentário. Quero pedir desculpas para todos vocês, se atingiu alguém de alguma forma, se não foi do agrado de vocês. Quero pedir desculpas, e não só desculpas, mas quero que vocês também me perdoem”, encerrou.

Tem alguma foto? print? vídeo? ou áudio de alguma fofoca? envie um e-mail para contato@portalemoff.com.br sua identidade será mantida no mais absoluto sigilo