Fechar
ADEUS?

Johnny Hooker desabafa e anuncia aposentadoria dos palcos

O cantor lamentou nas redes sociais os números alcançados pelo seu novo single, “Cuba”, lançado nesta sexta-feira (20)

Danilo ReenlsoberRepórter do EM OFF

O cantor Johnny Hooker lançou nesta sexta-feira (20) o single “Cuba”, que conta com duas versões diferentes: uma em português e outra em espanhol. Mas o que deveria ser motivo para comemorações e alegria, na verdade, se transformou em decepção e desabafo. Triste com o desempenho ruim da canção nas plataformas digitais, o artista disse que prefere se retirar do mercado musical.

O desabafo foi publicado no seu perfil do Twitter na madrugada deste sábado (21). “Para um artista existir e sobreviver sem apoio de nenhum lado precisa ter demanda orgânica, e os números do 1º dia de lançamento de CUBA deixam claro isso”, escreveu o cantor. “Não há mais demanda pelo meu trabalho. Se é que houve um esboço de alguma algum dia. É preciso saber a hora de se retirar”, ressaltou.

Junto com a publicação, Johnny Hooker compartilhou uma imagem que mostra a quantidade de vezes que a canção “Cuba” foi executada no aplicativo de música Spotify: 13.879 streams, segundo a postagem. “Não foi uma batalha em todo perdida, consegui driblar o poder econômico várias vezes”, disse o artista, ressaltando os números da sua carreira em seguida.

“Tenho 2 discos de platina e 250 milhões de streams orgânicos pra provar isso. Fica o legado também, arte é pra sempre. Mas a gente tem que manter a dignidade também”, comentou o artista, completando que antes da “aposentadoria” completa, ainda planeja outros lançamentos. “E ah, antes do fim ainda tem um disco novo inteiro que sai em algumas semanas! Obrigado por tudo! Amo vocês!”.

Continua após a publicidade

Apoio

Logo após o desabafo, diversas personalidades e fãs do artista responderam a publicação, dando apoio ao famoso, como a cantora Zélia Duncan. “Mas querido, nosso ofício é criar, cantar, pensar, aprender, dividir, encontrar pessoas. A vida é dura e injusta tantas vezes. Porém sabemos olhar o céu, e temos a poesia, os amigos, o amor pela luta. Nossa única garantia é a incerteza, mas seguimos, viver é meio isso”, explicou a artista.

Quem também se solidariezou com Johnny Hooker foi o ex-deputado e ex-BBB Jean Wyllys. “Você nunca vai se retirar! Preso ao dom que Deus lhe deu, saiba que é ele que lhe sopra vida quando as horas parecem mortas e você promete algum fim a ele. Não importa quantos homens e mulheres sofram de alegria por sua música, importa que sua música siga existindo”, escreveu.

Fãs anônimos também mandaram recados ao cantor. “Respira fundo e lembre-se que a impermanência é a única certeza do artista independente. A sua música e o seu dom não vão desaparecer, ainda que o dito mercado te faça acreditar nisso”, disse uma internauta. “Fico triste por que tu é realmente um artista representativo, importante e extremamente talentoso, mas realmente, ser artista no Brasil é uma barreira em cada segundo”, comentou outro.

Na tarde deste sábado, Johnny Hooker voltou ao Twitter e agradeceu as mensagens de carinho. “O meu desabafo não foi por ingratidão com tudo que já conquistei (que foi muita coisa por sinal), as vezes é só um pedido de ajuda mesmo e um lembrete de que ainda estou aqui vivo, produzindo música FODA lutando contra forças INIMAGINÁVEIS, tendo que provar um milhão de vezes que eu sou foda pra conseguir migalhas”, voltou a desabafar.