Fechar
CHAMOU DE SONSA!

Jornalista da Globo perde a paciência e chama deputada bolsonarista de ‘sonsa’

A analista política da GloboNews perdeu a paciência com Janaina Paschoal nas redes sociais

Jean TellesRepórter do EM OFF

A comentarista política da Rede Globo, Mônica Waldvogel, parece ter perdido a paciência com a deputada estadual Janaina Pachoal que é uma apoiadora do presidente da República, Jair Bolsonaro. Em seu perfil no Twitter, a jornalista da GloboNews chamou a apoiadora do chefe do Executivo de “sonsa” após Janaina ter se pronunciado a respeito das manifestações que ocorrem nesse dia 7 de setembro.

Eu não consigo compreender por qual razão os formadores de opinião fecharam questão no sentido de que as manifestações de amanhã serão antidemocráticas e as do dia 12 serão democráticas. Afinal, qual o critério para considerar uma manifestação democrática? Concordar com a pauta?”, começou dizendo a advogada e professora no Twitter. 

E prosseguiu: “O direito à livre manifestação é democrático em si, não depende do pleito. O próprio STF já decidiu isso, ao reconhecer, por exemplo, o direito a fazer a marcha da maconha. É, no mínimo, desproporcional o que vem sendo propalado sobre as manifestações de amanhã.” 

Digo mais: não serão só bolsonaristas nas ruas, neste 7 de setembro, conheço vários não bolsonaristas que aderirão, por estarem temerosos, com as muitas prisões por nada, com as muitas anulações de condenações bem fundamentadas. Equivoca-se quem pensa que é coisa de bolsonarista!”, defendeu a deputada em apoio ao presidente. 

Continua após a publicidade

Quem parece não ter sido convencida pelas palavras de Paschoal na rede social, foi a jornalista da GloboNews Monica Waldvogel, que ironizou o texto da deputada a chamando de “sonsa”. O comentário da analista política da Globo a respeito de Janaina Paschoal pode ter acontecido pelo fato da parlamentar não ter mencionado em seu discurso, que a maioria dos apoiadores do presidente da república que foram a manifestação, reivindicam pautas consideradas antidemocráticas, como o fechamento do STF ou uma intervenção militar. 

Nos comentários da publicação irônica de Waldvogel, internautas repercutiram: “hahahajjajaajja melhor rt comentado sobre a fala dela ahahahah”, disse a youtuber Nil Moreto. “Ela não é sonsa, ela FINGE que é sonsa, ela é muito esperta, Mônica,” ressaltou outro internauta. “De sonsa essa daí não tem nada. Totalmente parcial e envolvida com pautas antidemocráticas”, avaliou outro. 

E essa não é a primeira vez que Mônica Waldvogel, se torna assunto nas redes sociais. Recentemente, a comentarista política da GloboNews apareceu fumando ao vivo durante edição do “Globo News em Pauta” no último dia 28 de julho. O fato constrangedor aconteceu já no final do programa jornalístico. O âncora da atração Marcelo Cosme se preparava para se despedir dos analistas políticos. 

Assim que deu a primeira “tragada” no cigarro a imagem da analista política foi cortada. Ao perceber a gafe ao vivo da colega, Marcelo ficou “desconcertado”, mas tentou disfarçar: “Mônica vai aparecer aqui para mim? Tá valendo a Monica? Tá! O sinal tinha caído e voltou, vai lá Mônica…”, tentou contornar o apresentador da Globo. 

Nas suas redes sociais, a própria Mônica Waldvoguel, comentou a gafe, em interação com seus seguidores, a analista política confessou que não sabia que estava no ar, pois o seu sinal de transmissão havia caído: “O sinal tinha caído e eu não percebi que voltou“, escreveu a jornalista da Globo.

Tem alguma foto? print? vídeo? ou áudio de alguma fofoca? envie um e-mail para contato@portalemoff.com.br sua identidade será mantida no mais absoluto sigilo

Tags Relacionadas: