Fechar
Falou Tudo

Jovem agredido por segurança de Deolane revela que foi ameaçado

Em entrevista ao programa “A Tarde é Sua”, Enrico Burin contou detalhes dos momentos de desespero

Bruno PintoRepórter do EM OFF

A agressão sofrida por um rapaz que estava participando do “Baile da Doutora” neste sábado (20), em São Paulo, continua dando o que falar. Após a grande repercussão do vídeo nas redes sociais, em que um segurança do evento de Deolane Bezerra enforca um jovem de 17 anos acusado de roubo, a vítima, que chegou a desmaiar, relatou detalhes dos momentos de tensão vividos.

Na tarde desta segunda-feira (22), durante o programa “A Tarde é Sua”, transmitido pela RedeTV!, o rapaz enviou um vídeo para a direção da atração apresentada por Sonia Abrão e não pensou duas vezes antes de falar tudo o que passou naquele dia. Ainda muito abalado com o que ocorreu, Enrico Burin disse que possui diversos problemas respiratórios, que agravou ainda mais a situação.

O jovem contou que antes de toda a confusão acontecer, ele usou o banheiro, enquanto sua mãe estava em um outro ambiente do local do evento: “Deu o horário da doutora ir para o palco se apresentar e cantar. Até então, ela era o fenômeno daquela noite. Eu estava usando o banheiro e minha mãe estava lá na frente, na passarela na qual tinham bastantes convidados que iriam filmar ela passando”.

Enrico disse que os profissionais responsáveis pela segurança do local não foram nada gentis com o público e que a polêmica começou após ser acusado de roubo por uma assessora: “Eu fui lá para o final, nisso eles estavam os seguranças dela estavam passando e foram mega brutos com todos nós. Eu estava descendo para ir para o palco, perto da área que estavam todas as celebridades. A tal assessora Bia, que eu nunca tinha visto na minha vida, puxou a minha blusa e disse: ‘Foi ele quem pegou o boné'”.

Continua após a publicidade

O jovem de 17 anos contou que assim que a assessora o apontou como ladrão, um segurança foi direto em sua direção e já chegou o enforcando: “Nisso, esse segurança já veio direto pra mim, começou a me sufocar, começou a apertar e eu tentando falar e pedir ajuda… Ninguém [me ajudou], um monte de gente gravando, um monte de gente vendo… Eles me acusaram de roubar uma coisa que jamais eu iria roubar”.

Além de passar por momentos de desespero ao ser sufocado, o jovem de 17 anos contou que foi ameaçado pelo mesmo segurança que o agrediu: “Ele me ameaçou ainda. Falou que ia me pegar lá fora, que iria resolver lá fora. Estão falando que eu quero ‘biscoitar’, eu não quero! É o cúmulo um segurança bater num menor de idade e ainda ser acusado de ter roubado coisa que eu jamais roubaria. Eu trabalho duro!”.

A situação acabou se agravando após Enrico desmaiar. Segundo a vítima, ele possui problemas respiratórios, perdendo o ar em poucos instantes: “Ele começou a me sufocar e eu tentando falar, daí veio uma staff do evento e disse: ‘não foi ele’. Eu tenho asma, tenho bronquite e diversos problemas respiratórios e nisso eu desmaiei. Um monte de gente pediu socorro, o corpo de bombeiros me levou lá pra dentro”.

O jovem revelou que nessa confusão precisou acionar a polícia e seu advogado. Ainda de acordo com Enrico, além de toda a confusão causada durante o evento, ainda teve o agravante de ter sido ameaçado: “Eu chamei polícia, viatura e advogado, pois eles me ameaçaram e me fizeram passar por um vexame. A minha mãe começou a passar mal e quase tem um infarto. Eles mentiram em tudo!”.

Você usa TELEGRAM? Então entre no nosso canal e receba nossas notícias no seu celular.
Basta clicar aqui -> https://t.me/portalemoff