Fechar
EM 2019

Juliana Paes já defendeu Bolsonaro em entrevista: ‘Vamos apoiar’

"Vamos apoiar já que ele está lá" pediu a atriz em 2019, poucos meses após a eleição de Bolsonaro

Danilo ReenlsoberRepórter do EM OFF

A atriz Juliana Paes se tornou notícia nessa semana ao defender a médica Nise Yamaguchi, ouvida pela CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) montada no Senado para investigar irregularidades no combate à pandemia pelo governo brasileiro. Em seguida, a global precisou se defender da acusação de ser apoiadora do presidente Bolsonaro.

Essa, no entanto, não é a primeira vez que a atriz de “Caminho das Índias” e “A Dona do Pedaço” se envolve em polêmicas envolvendo política. Em 2019, poucos meses após a eleição de Jair Bolsonaro, ela disse em uma entrevista ao jornal carioca O Globo que apoiaria o presidente e que não iria “boicotar” o seu governo.

Torço para que o país dê certo, independentemente de quem esteja em Brasília. Não bato palma para tudo que o presidente Jair Bolsonaro diz, mas vamos apoiar já que ele está lá. Não vou boicotar. Essa polarização é boba. Entre o branco e o preto, há infinitos tons de cinza, muitos pensamentos e ponderações. Sou a favor do diálogo“, disse a atriz.

Não foi a protesto

Na época, Juliana Paes também se mostrou contra o politicamente correto “do jeito que vem sendo praticado”. Na mesma ocasião, ela explicou sua ausência do movimento “Ele Não”, manifestação liderada por mulheres como forma de rejeição à candidatura de Bolsonaro.

Continua após a publicidade

Não sou obrigada a compartilhar uma hashtag só porque geral postou. Não considero ético pegar meus 19 milhões de seguidores no Instagram para opinar sobre um tema que não domino. Prefiro me abster. Achar que as pessoas precisam saber o que você pensa é o ego falando mais alto“, opinou a global.

Nesta semana, após ser tachada de bolsominion, Juliana Paes usou seu Instagram para se defender. Ela criticou Bolsonaro e disse que não se sente representada por ninguém: “Tenho críticas severas a este que nos governa, mas tampouco quero que a oposição que está presente no momento assuma o governo. Eu estou em um ambiente em que não me sinto representada por ninguém“, disse a atriz.

Tem alguma foto? print? vídeo? ou áudio de alguma fofoca? envie um e-mail para contato@portalemoff.com.br sua identidade será mantida no mais absoluto sigilo

Tags Relacionadas: