Fechar
Revoltante

Juliette Freire sofre xenofobia e contra-ataca: ‘Escroto’

A ex-BBB usou o Instagram para mandar um recado para os haters

Nayara VieiraRepórter do EM OFF

Juliette Freire, vencedora do ‘BBB21’, usou os stories para interagir com os fãs e desabafou sobre ataques xenofóbicos que recebe com frequência por causa do seu sotaque. A cantora, que é da paraíba, usou a rede social para mandar um recado para os haters que insistem em fazer comentários de ódio direcionados à famosa. 

Depois de parar para ler alguns comentários, Juliette ficou revoltada com as mensagens xenofóbicas que encontrou. Embora tenha dito que não se deixa abalar com a situação, ela confessou que estava irritada e indignada, sem acreditar com as coisas que vê na internet, destacando que até mesmo a sua forma de cantar é questionada.

“Eu recebo uns haters tão escrotos que eu fico sem acreditar. Eu juro a vocês que eu não fico triste. Uns eu fico rindo e outros eu fico irritada mesmo, principalmente os xenofóbicos. Muita coisa [que eu leio é] sobre o meu sotaque. ‘Por que ela não neutraliza esse sotaque?’. ‘Por que ela não canta a música como ela é?’ Umas coisas assim, bizarras”, lamentou Juliette.

“Um dia eu ainda vou fazer uma live (porque nos stories isso vai ficar assim) listando pra vocês o tanto de coisas que acontece, e repito isso não me deixa triste, me deixa irritada. Não me machuca, mas me deixa irritada. Vou conversar bem direitinho e mostrar a vocês o quanto isso é forte e enraizado na nossa sociedade pra vocês entenderem o que acontece”, continuou.

Continua após a publicidade

A ex-BBB ainda mandou um recado para os haters. “Vão escutar sotaque nordestino em grandes publicidades sim! Porque nós somos múltiplos, nós consumimos, nós consumimos também outros tipos de música além do forró, da nossa cultura tão bonita, a gente canta rock, rap, funk, hip-hop, tudo também sabia? Então, amor, beijo de luz!”, disparou.

Campeã do BBB21, Juliette se tornou famosa por causa do programa e conquistou milhares de fãs, se tornando um fenômeno brasileiro. Todavia, apesar dos inúmeros benefícios, a fama também trouxe aspectos negativos na vida da artista. Em uma entrevista para o ‘Globo Repórter’, no final de 2021, ela falou mais sobre o tema.

“Não sou a amiga que era antes, não sou a irmã que era antes, não sou a filha que era antes. Mas não porque eu não quero’, afirma a campeã do ‘BBB’, que diz trabalhar 24 horas. ‘É muito sacrificante”. Além disso, com a fama, Juliette disse que junto vieram mais responsabilidades em uma agenda cheia de atividades durante sua rotina.

“Ganhei muito amor, que para mim é o que recompensa tudo. As pessoas se sentido respeitadas e representadas. Acho que isso é o sentido de tudo que está acontecendo. Ganhei muita responsabilidade. Muita pressão de aprender a cantar melhor, de aprender a apresentar, a conversar. Responsabilidades novas, profissões novas, do zero. Estou tendo que me reinventar”, destacou.