Fechar
SENSATA

Juliette sai em defesa dos paraibanos e manda recado para Antônia Fontenelle

Juliette Freire, vencedora do Big Brother Brasil 21, colocou a boca no trombone e criticou o comentário feito por Antônia Fontenelle

Adriel MarquesRepórter do EM OFF

Antônia Fontenelle, atriz e apresentadora, foi acusada de xenofobia nas redes sociais após citar os paraibanos como algo negativo e quem não gostou nada do que viu, foi a ex-sister Juliette Freire, vencedora do Big Brother Brasil 21 (Globo).

Juliette Freire se manifestou por meio da sua conta no Instagram: “Essa não é a primeira vez que eu escuto alguém usar o termo ‘Paraíba’ de forma pejorativa. Paraíba é o estado, nós somos paraibanos. Se você quer usar um termo ruim, use agressor, criminoso”.

O posicionamento da ex-BBB Juliette Freire já se tornou um viral e diversos famosos e internautas apoiaram a milionária. Freire concluiu o desabafo falando que o comentário de Antônia Fontenelle não é brincadeira que se faça: “Procure qualquer outro, isso não é brincadeira, isso não é leve, isso machuca e reproduz um discurso de ódio e xenofóbico. ‘Ah, foi sem maldade’. Pouco importa. É sem maldade, mas machuca”.

No Twitter não fez diferente, Juliette Freire usou sua popularidade na rede social para alertar e ensinar os admiradores: “Não é força de expressão, é xenofobia. Não existe “ser Paraíba” e “fazer paraibada”. Existe ser PARAIBANA/O, o que sou com muito orgulho. Tire seu preconceito do caminho, que vamos passar com a nossa cultura e não vamos tolerar atitudes machistas e xenofóbicas de lugar algum”.

Continua após a publicidade

Mesmo tentando se defender, Antônia Fontenelle não foi bem vista na web: “Esse bando de desocupado, da máfia digital, que não tem nada o que fazer, se juntaram para me acusar de xenofobia. De novo? Isso não cola mais. Eu falei que ‘esses paraíbas começam a ganhar um pouquinho de dinheiro e acha que pode tudo’. Com paraíba, eu me refiro a quem faz ‘paraibada’, pode ser ele sulista, nordestino, o que for’. É uma força de expressão”.

O polêmico comentário de Antônia Fontenelle, começou a dividir opiniões quando falou do caso sobre o DJ Ivis: “Esses ‘paraíbas’ fazem um pouquinho de sucesso e acham que pode tudo. Amanhã vou contatar as autoridades do Ceará para entender porque esse cretino não foi preso”.

Gessica Kayane, conhecida por Gkay, também se posicionou contra a fala xenofóbica e ofensiva de Antônia Fontenelle. Ex-companheira de Rezende, pediu para os seguidores que as expressões sejam banidas e declarou ser algo ultrapassado e obsoleto.

Thardelly Lima, ator paraibano, também citou o caso Fontenelle e defendeu os paraibanos: “De onde foi que ela tirou que uma pessoa que comete qualquer burrice, estabanada, crime, ou qualquer coisa, tem o direito de ser chamada de paraibanada?.