Segredo de Justiça

Justiça proíbe Marcius Melhem de mostrar conversas com Dani Calabresa

Marcius Melhem não poderá expor publicamente qualquer conversa que teve com Dani Calabresa no período em que ela o acusa de abuso sexual

Aline Torres
Repórter do EM OFF

Mais uma polêmica envolvendo o imbróglio entre Dani Calabresa e Marcius Melhem. A Justiça determinou que o humorista não poderá expor conversas antigas que teve com a comediante na época em que ela afirma ter sofrido tentativa de abuso sexual. O ator está impedido de falar publicamente sobre as conversas e vazar esses conteúdos.

Segundo matéria exclusiva do Notícias de TV, o Foro Regional da Lapa, do TJ-SP (Tribunal de Justiça de São Paulo) foi quem tomou a decisão, já que é quem está encarregado do processo movido pelos dois artistas. A defesa de Dani entrou com um pedido para que essas conversas não fossem vazadas alegando que a privacidade da humorista estava sendo ferida.

A Justiça deferiu a favor da ex-esposa de Marcelo Adnet. Logo em seguida, a defesa de Melhem pediu que o bloqueio fosse removido, mas o pedido foi negado. No entanto, ainda segundo a matéria, foi o ex-chefe do departamento de humor da Globo, poderá usar os trechos da conversa que achar necessário nos autos do processo para sua própria defesa.

No entanto, o conteúdo dessas mensagens deverão permanecer em segredo de Justiça. Melhem poderá ser punido caso fique provado que ele deixou escapar o conteúdo das conversas de forma proposital. O ator sempre teve interesse que esses conteúdos viessem à tona por acreditar que irão favorecê-lo no processo movido por Dani Calabresa de abuso sexual em 2019.

Procurada pelo Notícias da TV, a defesa de Marcius Melhem alega que o humorista lamenta o fato de que a decisão desfavorável a ele tenha vazado e acredita que o interesse em pedir que as conversas não sejam expostas, atesta o fato de que o humorista é inocente:

“Embora o vazamento de mais uma informação de autos que estão em segredo de Justiça seja novo, a cautelar é antiga e está em vigor desde 2021. No mais, Marcius Melhem reafirma sua posição de que gostaria que tudo fosse exposto de forma transparente. A luta por manter as mensagens em segredo já mostra de que lado está a verdade”, diz a nota.

Derrota na Justiça após acusações

O ex-diretor da Globo Marcius Melhem perdeu uma ação que moveu contra a revista Piauí após a publicação de uma matéria em que pessoas ouvidas pela revista denunciavam casos de assédio cometidos pelo humorista enquanto trabalhava na TV Globo. A atriz Dani Calabresa seria uma das vítimas e participou da matéria divulgada pela Piauí.

O ex-diretor de humor da Globo pediu uma indenização de R$ 200 mil, alegando que a revista cometeu abuso de liberdade de expressão ao fazer um julgamento público contra ele. A ação foi julgada improcedente. Segundo a coluna de Leo Dias para o portal Metrópoles, o magistrado responsável pela sentença alegou que a reportagem apresenta fatos de maneira objetiva, sem juízo de valor de Melhem, portanto, a liberdade de expressão foi exercida de maneira moderada.

Com esse resultado, o humorista terá de arcar com honorários advocatícios e custas processuais, tendo de pagar um valor estipulado em R$ 20 mil. Marcius Melhem irá recorrer da decisão. Em nota, a defesa do humorista disse que as histórias narradas pela revista não são verdadeiras. “Marcius Melhem irá até o fim para mostrar que as histórias narradas na revista Piauí não são verdadeiras. Convém lembrar que a defesa de Melhem já divulgou um documento com pelo menos 43 erros na reportagem“, diz o texto.