Fechar
A treta não acabou!

Lívia Andrade pede que MP investigue Pétala Barreiros por cyberstalking

Ex-apresentadora do SBT chegou a ter o nome nos trending topics do Twitter depois da exposição e recebeu ameaças de morte

Aline TorresRepórter do EM OFF

Lívia Andrade pediu ao Ministério Público de São Paulo para que abra uma investigação contra Pétala Barreiros por cyberstalking. A ex-apresentadora do SBT alegou que a influenciadora fez postagens de ódio contra ela, afirmando ser a pivô do fim do casamento de Pétala e Marcos Araújo.

Segundo Lívia, Pétala comandou campanhas de cancelamento na internet da atriz, de modo a prejudicar a imagem dela. Os advogados da ex-contratada do SBT relataram que Pétala já foi condenada na Justiça no começo do ano, por danos morais, ao ter exposto de forma pejorativa o ex-marido e o fim do relacionamento dos dois.

Segundo a coluna de Leo Dias do portal Metrópoles, Lívia recebeu ameaças de morte após toda a exposição feita com seu nome, saindo até em programas de TV e de fofoca.

Em entrevista ao jornal O Globo, um dos advogados da apresentadora falou sobre o caso: “Pétala Barreiros se utilizou de diversos mecanismos midiáticos com o fim de constranger não só psicologicamente, mas também moralmente a noticiante (Lívia Andrade)”.

O nome de Lívia chegou aos trending topics do Twitter após ser acusada como pivô da separação de Pétala e Marcos, passando a receber inúmeras ameaças de morte.

De acordo com o Código Penal, é crime “perseguir alguém, reiteradamente e por qualquer meio, ameaçando-lhe a integridade física ou psicológica, restringindo-lhe a capacidade de locomoção ou, de qualquer forma, invadindo ou perturbando sua esfera de liberdade ou privacidade”. A pena prevista é de seis meses a dois anos de reclusão, além de multa.

Tem alguma foto? print? vídeo? ou áudio de alguma fofoca? envie um e-mail para contato@portalemoff.com.br sua identidade será mantida no mais absoluto sigilo