Jogou a real!

Lore Improta abre o jogo sobre saída da FitDance: ‘Você não serve mais’

Lore Improta resolveu expor o motivo pelo qual deixou de fazer parte da FitDance, mesmo sendo uma fundadora da marca

Aline Torres
Repórter do EM OFF

Lore Improta foi a convidada do podcast “PodPah” que foi ao ar na noite dessa quarta-feira (06). Na ocasião, a ex-dançarina do “Domingão do Faustão” conversou sobre uma parte de sua história de vida que não costuma compartilhar publicamente. Ao ser questionada sobre quando era corpo integrante da FitDance, Lore resolveu falar sobre o motivo de sua saída do grupo.

A esposa de Léo Santana começou explicando como foi o início antes da relação com Fábio Duarte, co-fundador da marca FitDance, chegasse a extremos, envolvendo censura e climão nos bastidores. Lore ainda relatou que o dono da marca não gostou em ver o crescimento profissional da dançarina, sem o uso do nome da empresa:

“Eu cresci muito, segundo os olhos do dono do FitDance. E eu tava meio que pau a pau com o nome do Fit e o meu nome estava sobressaindo o nome da empresa dele e isso tava incomodando. Só que ele não tinha coragem de me tirar, eu achava que ele não tinha coragem em me tirar usando essa desculpa”, começou.

“E eu comecei a crescer e comecei a fazer alguns eventos, eu era impedida de dançar nesses eventos, as coreografias músicas do Fit. EU passei por muita coisa e ai começou a desgastar nossa relação”, relatou ainda. Lore ainda disse que não possuía vinculo legal com a marca, que o contrato era boca a boca, pela amizade:

“Eu não tinha nada de contrato, eu entrei no papel, não tinha contrato, era amizade mesmo. Mas, na hora que começa a crescer, começa a dar certo, beijo e tchau Lorena, foi tipo isso. As pessoas achavam que eu não queria mais estar na FitDance, mas na verdade me tiraram de lá” declarou a dançarina que é sucesso no TikTok, YouTube e Instagram com suas danças coreografadas.

A FitDance foi criada em 2014 e fundada pelos irmãos Fábio e Bruno Duarte. Amiga dos dois irmãos, Lore Improta entrou como co-fundadora da marca e chegou já conhecida do público por integrar o balé do “Domingão do Faustão”. A plataforma de dança cresceu a ponto de estar presente em diversos países como México, Portugal, Argentina e Chile.