Fechar
desabafou

Luciana Gimenez processou quem disse que ela e Mick Jagger ‘transaram em canil’

Apresentadora chegou a colocar na Justiça uma pessoa que escreveu em livro e disse que ela teria feito sexo com Mick Jagger em um canil

Aline TorresRepórter do EM OFF

A apresentadora Luciana Gimenez contou em entrevista que pessoas inventaram muitas fofocas sobre o romance dela com o astro Mick Jagger, vocalista do Rolling Stones, relacionamento que gerou Lucas. Ela disse que chegaram até a escrever em um livro que os dois teriam transado em um canil. Ela processou o autor da publicação.

Na entrevista, que foi realizada pela revista Cláudia, a apresentadora da RedeTV! desabafou sobre as ofensas que recebeu durante a gravidez do filho. Luciana disse que sofreu as mais diversas acusações, principalmente de interesseira.

“Foram tantas as histórias que inventaram quando engravidei do Lucas. Processei o homem que escreveu num livro que eu transei com o Mick num canil. E ganhei. Eu não gosto de entrar em brigas, normalmente evito para não me desgastar. E vou engolindo. Mas algumas coisas não dá“, disse Luciana.

Nessa época, fui chamada de tanta coisa. Eu era interesseira, estava atrás de dinheiro, foi coisa de uma noite só. É como se homem famoso não pudesse se apaixonar, como se não fosse real o que aconteceu. Fora que ninguém sabe de verdade, é tudo inventado”, continuou.

Continua após a publicidade

Luciana ainda disse que hoje mantêm uma relação saudável com o pai de seu primogênito e o elogiou:” O Mick é até hoje um dos meus melhores amigos. Ele me ensinou muita coisa sobre ser casca dura”. A musa ainda contou sobre o que as pessoas acabam pensando sobre ela.

“Já ouvi que sou desqualificada, interesseira, promíscua e burra. Mas eu sei de mim. Trabalho desde os 15 anos, ajudo financeiramente várias pessoas da minha família, crio os meus filhos, garanto meu sustento. Quem me conhece, sabe que sou tímida. Numa festa, fico pelos cantos, não gosto de aparecer. Só entro no personagem mais descolado na hora do trabalho”.

Ela ainda continua: “Ainda assim, sem me conhecerem, as pessoas criaram essa imagem da menina privilegiada. E aí, não tem problema bater, porque ela aguenta. A verdade está longe de ser essa”, revelou.

Tem alguma foto? print? vídeo? ou áudio de alguma fofoca? envie um e-mail para contato@portalemoff.com.br sua identidade será mantida no mais absoluto sigilo