Fechar
Não Gostou

Ludmilla se revolta por não ser indicada a cantora do ano e cancela show

Cantora não gostou de não ter sido indicada a categoria e, além de soltar o verbo contra o canal, cancelou sua apresentação

Bruno PintoRepórter do EM OFF

Ludmilla ficou indignada por não ter sido indicada a categoria “Cantora do Ano” e soltou o verbo contra a produção do “Prêmio Mutishow”. Por meio de seu perfil oficial no Twitter, a cantora fez um levantamento de seus números para ressaltar a sua importância no mundo da música. Além disso, Ludmilla chegou a falar de representatividade, boicote e afirmou que não iria se apresentar na premiação.

A cantora pop fez questão de enaltecer suas conquistas com números que a deixam em uma posição de destaque no cenário musical: “Sou a primeira cantora negra da América Latina a acumular 1 bilhão de streams só no Spotify, hoje são mais de 1.5 bilhão de plays nas plataformas. Meus clipes somam 2.5 bilhões de views, Rainha da Favela ficou meses entre as músicas mais tocadas. São os números que falam!”.

Ludmilla falou sobre um projeto de pagode lançado neste ano e da revolução que causou por ser uma mulher liderando um estilo predominantemente masculino: Só esse ano lancei o numanice ao vivo, projeto que impactou a cultura brasileira e revolucionou o mercado do pagode de um jeito jamais visto, por ser uma mulher a frente do projeto, projeto que garantiu o vídeo musical solo mais visto de 2021 por uma cantora pop brasileira”.

A cantora citou algumas músicas que, segundo ela, se tornaram grandes sucessos e são facilmente reconhecidas pelas pessoas: “Deixa de Onda, Pra Te Machucar, Gato Siamês, Apê 1001, o Lud Session então nem se fala, tá na boca do povo. Desde quando ganhei a primeira vez e impactei todo o sistema por ser a primeira cantora negra a ser indicada e a vencer essa categoria em 26 anos de prêmio”.

Continua após a publicidade

A namorada de Brunna Gonçalves associou suas causas a um possível boicote por parte do sistema. “Uma representante das minorias, uma cantora negra, bissexual, funkeira, periférica, nunca mais fui indicada na categoria ‘Cantora do Ano’. Infelizmente essa é a forma que o sistema te boicota! Mesmo eu sendo indicada em outras categorias da premiação”, disse a famosa.

Ela não pensou duas vezes antes de criticar a falta de indicações de cantores que não são devidamente reconhecidos pela mídia: “É nítida a falta de reconhecimento e entendimento das (poucas) premiações que temos aqui no Brasil. Assim como eu, vários artistas de vários segmentos e bandeiras que mereciam ser indicados ou serem reconhecidos da mesma forma que entregam conteúdos para seus públicos”.

Por fim, a cantora revelou para seus seguidores e para o canal por assinatura que não iria mais se apresentar na premiação: “…e estão na mesma situação. Venho por meio desse tweet avisar a todos e ao @multishow que não me apresentarei mais no prêmio esse ano. Obrigada pelo convite, mas onde não sou bem vinda prefiro não estar só por educação”.

Confira os Tweets na íntegra!

Você usa TELEGRAM? Então entre no nosso canal e receba nossas notícias no seu celular.
Basta clicar aqui -> https://t.me/portalemoff