Fechar
CASO LUÍSA MELL

Luísa Mell rebate acusações após polêmica sobre roubo de cão de raça

Luísa Mell está sendo acusada nas redes sociais de roubar uma cadela de raça e precisou se defender por meio do seu perfil

Adriel MarquesRepórter do EM OFF

Luísa Mell virou um dos assuntos mais comentados nesta quarta-feira (16). O nome da defensora de animais e apresentadora virou Trending Topics do Twitter. De acordo com denúncias feitas nas redes sociais, a famosa estaria sendo acusada de roubar uma cadela da raça Borzoi.

O suposto roubo teria ocorrido em um canil considerado clandestino e pertencente a Gabriela Setorio. Luísa Mell não gostou de ver seu nome envolvido na história e já está tomando as medidas cabíveis. Ela disse que vai processar todos que a acusaram.

Uma nota oficial foi enviada para a imprensa, detalhando a versão de Luísa Mell sobre o ocorrido: “Sobre as falsas acusações de ‘roubo de uma Borzoi’ que circulam nas redes sociais: trata-se ação penal contra Gabriela Sertorio Bueno de Camargo, onde mais de 140 cães, incluindo uma cadela da raça Borzoi foram apreendidos pela polícia em cumprimento a uma ordem judicial de busca e apreensão no canil da Gabriela Bueno, depois de denúncias de criação irregular de cães e tráfico de drogas”.

Em sua defesa, Luísa Mell fez uma postagem por meio do seu perfil no Instagram falando sobre a cadela de raça e a sua relação com a mesma: “A Borzoi estava há dias, sozinha, em um quarto escuro e sem janela quando a polícia chegou. Quem determinou quais cães seriam apreendidos foram as autoridades públicas, tendo o Instituto Luisa Mell apenas cumprido determinações das autoridades policiais”.

Continua após a publicidade

A denúncia contra Luísa Mell aponta que a cadela teria sido levada da casa dos tutores e dada como morta, inclusive com um laudo veterinário. O documento mostrava óbito pela doença do carrapato. No entanto, o animal teria aparecido dias depois na casa de um colaborador do Instituto Luisa Mell.

Tags Relacionadas: