Fechar
no "PODPAh"

Luísa Sonza cancela entrevista após declarações de Whindersson virem a público

A cantora Luísa Sonza cancelou de última hora sua entrevista ao podcast Podpah nessa quinta-feira (16)

Jean TellesRepórter do EM OFF

A cantora Luísa Sonza cancelou de última hora sua entrevista no Podpah que seria transmitida no canal do podcast no Youtube nessa quinta-feira (16). Quem confirmou o cancelamento da entrevista com a artista foi o perfil do podcast no Twitter: “Galera, a Luisa Sonza teve um imprevisto pouco antes de vir pro Podpah e precisou cancelar o ep de hoje. Vamos remarcar uma nova data com ela o quanto antes, ta?”, avisou o programa de entrevistas em comunicado. 

Nos comentários da publicação, fãs da cantora associaram o cancelamento da entrevista de Luísa Sonza com as recentes declarações do livro de Whindersson Nunes que vieram a tona nessa quinta-feira (16): “Agradeçam ao Whindersson que pra se vitimizar precisa tocar no nome dela”, escreveu uma fã de Luísa no Twitter. 

“Vei se ela tiver desmarcado por causa das coisas que aquele imundo falou vai ter panelaço”, se revoltou outro fã pela mesma rede social. “hmmm, será que é por causa do babado do livro??”, questionou outro. O humorista e youtuber Whindersson Nunes relembrou seu relacionamento de quatro anos com Luíza Sonza em seu recém-lançado livro intitulado de “Vivendo Como um Guerreiro”.   

Na obra, Whindersson relata que após o fim do casamento com Luisa Sonza em abril de 2020 acabou se afundando nas drogas: “Quando acabou com Luísa, eu também tive o meu penhasco (…) Reconheço que errei, que as drogas foram me destruindo (…) Não havia mais intervalos entre as drogas. Eu acordava e desacordava para a vida. Eram drogas e mais drogas tentando estancar sei lá o que” escreveu o comediante no livro fazendo questão de destacar que Luisa não teve culpa de nada: 

Continua após a publicidade

“Um mês e eu tenho a certeza de que a Luísa não foi a culpada. E não foi por ela que me lancei no abismo. Foi por mim. Foi por um buraco dentro de mim (…), Bala, Lsd em doses cavalares e algumas outras — eu sofria tanto e achava que eu merecia (…). Eu tinha medo que essa fase (vício em drogas) pudesse voltar. E eu, às vezes, pensava que eu devia me internar. E meus amigos diziam que isso seria um prato cheio para a mídia. E eu também não queria que isso fosse um prato cheio para que as pessoas culpassem a Luísa. Não, definitivamente a culpa não foi da Luísa”. 

Whindersson Nunes contou ainda que quando conheceu Luísa Sonza estava sob efeito de drogas: “No dia que encontrei a Luísa, eu estava virado de droga, não estava bem, estava em busca de algo que eu não sabia (…) quando a vi pela primeira vez, eu a vi no efeito da droga. Eu a vi meio que brilhando”, contou. 

O humorista declarou no trecho em que relembrava seu casamento com a cantora, que quis ser o “professor” de Sonza afim de que ela desse “certo na vida”: “Foi o começo de uma viagem. Uma viagem de alguém que tem o instinto de professor. Eu queria passar tudo pra ela. Eu queria que ela desse certo na vida (…) Minha viagem com Luísa durou quatro anos. Ela me ajudou muito com a minha autoestima (…) Quero bem a Luísa, quero que seus espaços sejam preenchidos com muito amor. Seu sucesso é de alguma forma um perfume que me lembra que é sempre bom cuidar das pessoas. E não quero que as pessoas destruam o que vivemos”.