Fechar
É GOLPE

Luísa Sonza e Jojo Todynho são processadas por golpe

Luísa Sonza e Jojo Todynho foram acionadas na Justiça por uma suposta vítima de golpe na internet. Outros 19 famosos também foram citados

Adriel MarquesRepórter do EM OFF

Jojo Todynho e Luísa Sonza estão envolvidas em uma grande confusão. Leonardo Timossi, auxiliar administrativo, entrou com uma ação de indenização contra 19 famosos após ter sido vítima de um golpe na internet. O rapaz comprou dois iPhones no valor de R$ 2.200 mil e nunca recebeu os aparelhos.

Leonardo é mais uma vítima do golpe do iPhone. De acordo com Ana Cláudia Guimarães, do Blog Ancelmo Gois, blogueiros, cantores e outras celebridades também foram acionadas na Justiça. Os artistas divulgavam por meio de parcerias, promoções supostamente falsas, da loja intitulada por MS Shoes Acessórios. A loja fica localizada em Campos, no estado do Rio de Janeiro.

O auxiliar administrativo também pontou que o perfil divulgado pelos famosos foi desativado e os números não funcionam mais. Carla Diaz, Rafa Kalimann e Gleici Damasceno do Big Brother Brasil (Globo) também vão ser chamadas para depor. MC Mirella, MC Guimê, Cleo Pires e Juliana Paiva também divulgaram a loja supostamente falsa.

O autor da ação, que foi lesado e não recebeu os celulares, está pedindo na Justiça o dobro do valor que pagou pelos aparelhos e também R$ 20 mil por danos morais. Os golpes na internet, envolvendo o nome de outros famosos não começaram agora. Sammy Lee, influenciadora digital, também já teve seu nome envolvido em uma polêmica parecida.

Continua após a publicidade

A ex-esposa de Pyong Lee, Sammy Lee, foi processada no no ano passado por fraudar um sorteio de um carro zero em seu perfil do Instagram. O caso envolvendo a mãe de Jake deu dor cabeça para um seguidora. Tayná Bertoglio, moradora de Tatuí (SP), foi a felizarda que alegou ter sido a vencedora e faturado o automóvel.

De acordo com o G1, a ação com o valor de R$ 50 mil, pedia danos morais e estava correndo no Tribunal de Justiça de Tatuí. A seguidora alegou nos autos que cumpriu todos os requisitos, participando do sorteio e que alteram os critérios da contemplação, sem modificar o regulamento do concurso.

Tayná, seguidora de Sammy Lee, revelou que o concurso divulgado no último ano era regulamentado pela Loteria (Secap) e Secretaria de Avaliação, Planejamento e Energia. Os internautas deveriam seguir regras básicas como: seguir o perfil, seguir os parceiros e comentar na postagem para ganhar números da sorte.

“No desacordo com o parceiro, ela começou a agir por conta própria e mudou as regras do sorteio. No regulamento autorizado pela Secap, a data de sorteio foi marcada para o dia 5, mas ela colocou para o dia 12 por conta própria. Isso não foi autorizado”, revelou a seguidora de Sammy Lee que afirmou ter sido lesada.

Tags Relacionadas: