Fechar
Indignada

Luísa Sonza se revolta e acusa marcas de cancelar campanhas por questões políticas

A cantora desabafou nas redes sociais, fazendo duras críticas sobre algumas marcas

Vitor CaiqueRepórter do EM OFF

A cantora Luísa Sonza resolveu abrir o coração e compartilhar uma revolta que está sentindo em relação ao posicionamento de algumas marcas no mercado publicitário. A loira não se calou e expôs alguns rumores de que empresas estão deixando de fazer campanhas com influenciadores e celebridades por questões e manifestações políticas.

Luísa fez as acusações no Twitter e soltou o verbo, se mostrando indignada com o que estaria acontecendo com frequência no meio das celebridades, segundo ela. “É de uma tristeza profunda saber que as marcas estão derrubando campanhas de publicidade com celebridades e influencers que SE POSICIONAM POLITICAMENTE. O que deveria ser uma NECESSIDADE para se contratar. Eu fico indignada”, iniciou Luísa Sonza.

“A Mynd, empresa que cuida da minha publicidade e de mais de 350 influencers entre eles outros cantores, me informou que anda recebendo mensagens de algumas marcas insinuando e até derrubando jobs com pessoas que se posicionam politicamente. Vocês querem INFLUENCERS que influenciam o que? Só a comprar seus produtos?”, questionou.

“Porque eu acredito numa influência real que melhora nossa sociedade e faz o jovem pensar, querem pessoas que só consomem o que vocês quiserem e não saibam falar nada sobre política e sociedade Que futuro vocês querem pra nós?”, enfatizou a cantora, que continuou o desabafo falando sobre o receio do país se tornar uma sociedade que não se posiciona.

Continua após a publicidade

“E de verdade, eu não falo isso por mim, pelo meu tamanho eu fecho a publicidade que eu quiser hoje em dia independente de qualquer coisa, eu falo isso pela minha preocupação com o que estamos virando, tenho medo de nos tornarmos uma sociedade que simplesmente não se posiciona. Que não pensa por si próprio, que não fala e não discute questões VITAIS pra nosso futuro e nossa sociedade”, continuou Luíza Sonsa.

“Eu não quero viver num país burro com jovens que só podem postar dancinhas, fazer fotos bonitas nas redes sociais e apenas isso ser de acordo com o que as marcas querem. INFLUENCER virou uma profissão. Isso nem se discute mais. Esses jovens (não só jovens, mas a maioria, pelo menos) de fato tem GRANDE INFLUÊNCIA na VIDA e no PENSAMENTO de milhões de pessoas. Se a gente não puder usar essa força pra algo além, de que adianta tanto?”, finalizou a compositora, expondo sua opinião sobre o assunto, que é tanto quanto polêmico.

Após as palavras de Luísa Sonza viralizar, diversos fãs responderam suas queixas, apoiando a mensagem, e opinando sobre o assunto. “Tenho muito orgulho de você, mesmo com todos os ataques que já sofreu e ainda sofre, não tem medo de se posicionar, de falar o que pensa. eu te amo tanto, você é minha maior inspiração”, disse uma seguidora da cantora.

“E é bem ai que começa o problema. A necessidade de calar as pessoas por dinheiro, transformar o mundo em uma marionete onde quem comanda são os ricos e a elite, e isso reflete a merd* que estamos nos dias de hoje com esse governo podre”, opinou Carol. “O melhor a fazer é não misturar as coisas. Onde trabalho também não posso espessar opinião política, já fui demitida por isso. E não adiante falar que o país é livre de expressão, porque sabemos que não é. É só hipocrisia, dá raiva”, comentou Lucyana.