Fechar
Negligência

Luiz Bacci lamenta morte de idosa morta por negligência e faz revelação pessoal

“Já passei por essa situação”, revelou o jornalista, que comanda o Cidade Alerta

Lucas CardosoRepórter do EM OFF

O jornalista e apresentador Luiz Bacci, que comanda o Cidade Alerta na Record TV, chamou a atenção dos internautas na tarde desta quinta-feira (5), após se sensibilizar com o caso de uma idosa que faleceu por conta de uma negligência médica. Ele aproveitou o momento para fazer uma revelação pessoal nos comentários de uma publicação no Instagram.

O vídeo em questão, que inclusive está viralizando nas redes sociais, é uma gravação de uma chamada feita pela vizinha da idosa ao SAMU. Desesperada, a vizinha pede com urgência uma ambulância para a idosa, que segundo ela, estava completamente desmaiada. Apesar da gravidade da situação e do desespero da moça pelo telefone, os atendentes informaram que não poderiam enviar uma ambulância até a residência da senhora sem informações mais precisas do estado de saúde da mesma.

“Qual é o nome da paciente?”, perguntou o atendente. “Eu não sei te dizer, mas é uma idosa de idade”, respondeu a vizinha da idosa. O atendente voltou a perguntar: “Ela tem quantos anos? […] Qual telefone pra contato?”. “Por favor, moço. Se você puder mandar logo, porque ela já está sem sentido já. Eu não tenho [o número], eu sou uma vizinha”.

Mesmo informando que era apenas uma conhecida, os atendentes continuaram insistindo por mais informações pessoais da paciente. Vendo que a vizinha já estava ficando alterada com tamanha negligência, uma das atendentes disparou: “Você não tem como pedir para alguém da casa da senhora ligar de lá? Porque as informações estão muito vagas e não podemos liberar o socorro adequado. […] Senhora para de falar outras coisas e só responde o que eu estou falando!.

Continua após a publicidade

Após um longo bate-boca, os atendentes desligaram o telefone na cara da vizinha e deixaram a idosa sem o socorro necessário, que infelizmente, faleceu um tempo depois. Sensibilizado com o ocorrido, Luiz Bacci comentou que já passou por uma situação parecida quando um amigo próximo passou mal com sintomas de infarto.

“Infelizmente já passei por essa situação pedindo socorro pra um amigo com sintomas de infarto. Foi igual!”, declarou. Além do jornalista, diversos internautas comentaram que já passaram pelo mesmo tipo de negligência que a idosa citada na matéria. Em contrapartida, pessoas que trabalham na área da saúde, afirmaram que as perguntas feitas pelos atendentes são de extrema importância, já que trotes são muito frequentes no número do SAMU.