Fechar
Acusação

Mãe de filha adotiva de Agnaldo Timóteo mandou incendiar a casa

Timotinho fez a revelação durante o programa "A Tarde é Sua"

Bruno PintoRepórter do EM OFF

A conturbada história envolvendo a família de Agnaldo Timóteo ganhou um novo capítulo. De acordo com um dos sobrinhos do cantor, a mãe da Keyty, filha adotiva de Timóteo, é a mandante do incêndio na casa que faz parte dos bens do cantor. Segundo “Timotinho”, não é a primeira vez que a mulher apronta, mas que eles não estão conseguindo parar ela.

Já é a segunda [vez]. Estamos em conjunto com colegas e autoridades para nós revertermos isso. já sabemos quem é, também estou tomando minhas providências, mas infelizmente a gente não consegue parar ela. A casa é num condomínio, mas é aberto e todos tem livre acesso a residência. Nós temos que ver uma maneira de parar a mãe da Keyty“.

A revelação foi feita por “Timotinho”, na tarde desta quarta-feira (25), por meio de uma mensagem de áudio enviada ao programa “A Tarde é Sua”. O sobrinho de Agnaldo contou que algo de pior pode acontecer futuramente: “Ela [mãe da filha adotiva], está fazendo essa baderna, mas uma baderna que daqui a pouco vem uma coisa muito maior, até mesmo a queima dos móveis ou algo do tipo“.

O rapaz explicou que a segurança no condomínio é escassa, não possuindo sequer câmeras de segurança na região, o que também dificulta as investigações: “As casas próximas não tem câmera ao redor, só tem uma cabine de vigilância. A única segurança que tem ali na redondeza é o batalhão que passa por ali. Resumindo: estaca zero de segurança“.

Continua após a publicidade

Timotinho revelou que toda a família já tem a certeza sobre a autoria do segundo atentado. O que antes foi arremesso de pedra, se transformou em um incêndio, mas que todos estão temendo que toda essa história possa desencadear em um desastre muito maior.

Segundo informações do jornalista Bruno Tálamo, durante participação no programa de Sonia Abrão, a mãe de Keyty e Rutinete Timóteo, irmã do cantor, teriam feito um acordo para dividir parte da herança, deixando a menina de fora. “A mãe passando a rasteira na própria filha”, garantiu o jornalista dizendo que se trata de uma informação concreta, não de achismo“.

Agnaldo Timóteo faleceu aos 84 anos, no dia 03 de abril, vítima do novo coronavírus. O cantor estava internado no Hospital Casa São Bernardo, localizado na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro. O artista não resistiu as complicações em decorrência da Civid-19.