Fechar
SE POSICIONOU

MC Ryan responde acusação de golpe financeiro: ‘Tão querendo me f*der’

Funkeiro foi às redes sociais e disse que acusação é apenas uma calúnia

Danilo ReenlsoberRepórter do EM OFF

O funkeiro paulista MC Ryan, acusado de aplicar um golpe financeiro nas redes sociais em um esquema de venda de seguidores no Instagram, se pronunciou na tarde desta quinta-feira (7). Em um vídeo publicado na internet, o famoso disse que as acusações contra ele são calúnias e que vai cumprir o prometido com os seus “patrocinadores”.

Ontem, o EM OFF publicou com exclusividade a denúncia de golpe. De acordo com informações de diversos internautas, o famoso teria prometido entregar milhares de seguidores na rede social à quem pagasse um determinado valor, que variava de R$ 1 mil a R$ 2 mil. Ele também iria sortear diversos itens, como celulares e motos, mas nada do prometido foi entregue.

Dezenas de seguidores que fizeram a negociação, os chamados “patrocinadores”, apontaram que foram lesados pelo funkeiro. Segundo o anúncio, quem pagasse o valor estabelecido ganharia de 50 a 100 mil seguidores no Instagram e participaria do sorteio dos prêmios divulgados. De acordo com a denúncia dos usuários, ele teria faturado mais de R$ 130 mil em patrocínio.

No entanto, internautas que fizeram o pagamento do valor combinado não tiveram o retorno esperado. “Paguei R$ 2 mil para entrar como patrocinador e ganhar os seguidores. Garantiram pra gente 50 mil seguidores, mas só ganhei 17 mil“, disse o influenciador Augusto Aley. “Estamos tentando contato de todas as formas, e ele não dá retorno, ninguém tá nem aí. Acredito que não querem resolver“, lamentou a influencer Maiara Camila Gonçalves Dias, outra internauta lesada.

Resolveu falar

Após a denúncia publicada pelo EM OFF, o funkeiro MC Ryan fez um vídeo para se defender da acusação de golpe. De acordo com o artista, a denúncia é uma calúnia e alguns dos patrocinadores estão interessados em prejudicar a sua imagem. Ele também prometeu entregar os seguidores que foram combinados na negociação.

Não acreditem em falsas calúnias não, viu família. A parada é o seguinte família, eu fiz um sorteio aqui no meu Instagram, infelizmente não consegui dar pro pessoal a estimativa certa de seguidores que eu prometi, mas eu falei aqui que eu ia fazer outro sorteio, ia dar pro pessoal o resto dos seguidores, mas tem um pessoalzinho que é dos patrocinadores que tá querendo me f*der, não sei qual é a brisa“, disse.

No mesmo vídeo, publicado nas redes sociais e no YouTube, MC Ryan garante que vai cumprir o combinado e que aprendeu com o erro. “O que eu falei eu vou cumprir. Vou dar os seguidores e ponto, não tem que ficar falando de golpe. Já aprendi e não posto mais sorteio, nunca mais vou fazer isso, até porque meu bagulho é cantar“, ressaltou.

A compra e venda de seguidores no Instagram é uma prática relativamente comum e, apesar de não ser ilegal, não é recomendada pela plataforma. Quem compra seguidores na rede social assume o risco ao infringir os Termos de Uso, que proíbe práticas que prejudiquem o uso ou que tragam risco a outros usuários, como por exemplo, aumentar o alcance de bots potencialmente prejudiciais.

Tem alguma foto? print? vídeo? ou áudio de alguma fofoca? envie um e-mail para contato@portalemoff.com.br sua identidade será mantida no mais absoluto sigilo