Fechar

EXCLUSIVO MC Trans lança marca após polêmica com Karen Kardasha

A marca de MC Trans foi lançada após a polêmica com Karen Kardasha. O mês do Orgulho LGBTQIA+ conta com essa novidade de peso

Adriel MarquesRepórter do EM OFF

O mês do Orgulho LGBTQIA+, começou com confusão e novidades. MC Trans, cantora e influenciadora digital, lançou uma coleção exclusiva para mulheres transexuais em parceria com a TGW. A iniciativa também serve como suposto afronte, uma provocação para Karen Kardasha, personagem da internet que se envolveu em uma polêmica recentemente.

“Eu briguei com a Karen Kardasha porque ela estava fazendo propaganda de lingerie, para lacrar, fingindo ser uma mulher trans e não é. Ninguém entende o que era e eu acusei ela de trans fake, depois dessa polêmica tive ideia de entrar na TGW. É a ideia de fazer empreendedorismo trans para que as meninas tenham voz e visibilidade”, disparou MC Trans com exclusividade para o EM OFF.

Ana Victória Monforte, conhecida como MC Trans, revelou que as calcinhas já bateram recorde de vendas e a indignação com marcas da concorrência: “As calcinhas de trucar, que escondem o pên*s de mulher transexuais e travestis, já existiam, entretanto, sempre achei que faltava qualidade e glamour. Cansei de ter que comprar marcas que só pensam em mulheres cisgênero. Nos diminuímos para caber em um produto que não pensa em nós”.

“Compramos lingeries lindas dessas marcas e usamos com uma outra calcinha de aquendar [nome dado a essa calcinha exclusiva]. Gastamos mais e mais e essas marcas nunca se preocupam com as meninas transexuais”, completou MC Trans. Os fãs da apresentadora podem acompanhar o HERvolution, atração transmitida pela RedeTV!.

Continua após a publicidade

“Resolvi ser empreendedora. Meus amigos, os empresários Vítor Viana e Everton Patrique da Rosa Torres, embarcaram comigo nessa jornada. Vai ter trans no empreendedorismo! Vai ter marca trans de qualidade!”, finalizou a cantora sobre o lançamento da marca.

Renato Shippee, criador da personagem Karen Kardasha, chegou a anunciar que iria se afastar da redes sociais após um barraco com a famosa. Em conversa com Léo Dias, colunista do Metrópoles, o criador de conteúdo desabafou: “Minha ideia era fazer as mulheres se amarem cada vez mais. Mas esta crítica me fez repensar o meu amor pela atuação. Sempre dei espaço às pessoas trans em minhas redes, como por exemplo: Ariadna e Mandy. Estou muito triste com tudo isso! Estou agora mesmo com os olhos cheios de lágrimas”.

MC Trans se animou com o sucesso da marca e cobrou apoio: “Que coisa linda né? Estamos no país que mais mata pessoas trans no mundo, onde as oportunidades são restritas às ruas e à marginalização. Projetos como esse precisam ser apoiados!”.

(Foto: Reprodução/Instagram)
(Foto: Reprodução/Instagram)

Tags Relacionadas: