Fechar
R.I.P.

Morre Milton da Silva, pai de Ayrton Senna, aos 94 anos

Milton da Silva, o Miltão, faleceu de causas naturais aos 94 anos em São Paulo. A informação foi dada por um perfil do Instagram

Aline TorresRepórter do EM OFF

Milton Teodoro Guirado da Silva, ou apenas Miltão, como era conhecido, faleceu nesta quarta-feira (27), aos 94 anos em São Paulo, de causas naturais. A informação foi dada através de um perfil do piloto na rede social Instagram. “Faleceu nesta quarta-feira o Sr. Milton Guirado Theodoro da Silva, pai de Ayrton Senna. Nossos sentimentos para todos os familiares e amigos. Obrigado, Miltão”, diz o comunicado.

Empresário que começou a vender carros, mas que em seguida se identificou na indústria metalúrgica, Miltão decidiu investir em outras áreas como em criação agropecuária e construção civil. Ele não era de dar entrevistas ou de aparecer na mídia, era um homem mais reservado, mas era o maior incentivador do filho depois de ver que ele não seguiria os passos do pai nos negócios da família para se tornar um dos maiores pilotos de Fórmula 1 do mundo.

O pai de Ayrton era casado com Neyde Joanna Senna e tinha mais dois filhos, irmãos do piloto, Viviane e Leonardo. Milton da Silva que era um dos maiores fãs de Ayrton Senna, se viu em um momento desesperador no ano de 1994. O filho estava correndo no Grande Prêmio de San Marino, quando em uma curva acentuada, bateu violentamente após perder o controle do veículo por causa da barra de direção quebrada do carro.

Os socorristas, ao chegarem ao local do acidente, repararam que o caso era grave devido a um corte na cabeça de Senna. Ele teve de ser removido por um neurocirurgião e ao chegar no hospital, horas depois, foi constatada a morte do piloto gerando comoção nacional. Primeiro jornalista a ficar responsável por dar a notícia do falecimento do piloto, Roberto Cabrini deixou na história da televisão, a frase que entoou ao dar a fatídica informação durante o Plantão da TV Globo: “Morreu Ayrton Senna da Silva… Uma notícia que a gente nunca gostaria de dar”, informou na época.

Continua após a publicidade

Tida como uma tragédia nacional, a morte do piloto foi chorada por milhões de brasileiros em um luto decretado por três dias. O velório durou 24 horas e o governo brasileiro concedeu honras de chefes de estado, com o protocolo de salva de tiros, levando cerca de dois milhões de pessoas pelo cortejo até o cemitério do Morumbi, onde permeia o corpo do tri campeão mundial de F1.

Ayrton começou a carreira no kart em 1973 e foi se destacando, passando pelos “carros de fórmula” em 1981, foi então que venceu as Fórmulas Ford 1600 e 2000. Foi Campeão Britânico de Fórmula 3 em 1983, onde conseguiu bater vários recordes na ocasião. Com as diversas vitórias, alçou voo na Fórmula 1, onde conquistou 3 títulos e fama nacional e internacional.

Após a morte do piloto, sua irmã, Viviane Senna, sabendo do gosto filantrópico do irmão, inaugurou o Instituto Ayrton Senna, que oferece oportunidades para que crianças e adultos de baixa renda possam se desenvolver. Para ajudar as crianças com ideiais como superação, gosto pela vitória e dedicação, inerentes à Ayrton, foi criado o personagem Senninha.

Você usa TELEGRAM? Então entre no nosso canal e receba nossas notícias no seu celular.
Basta clicar aqui -> https://t.me/portalemoff