Fechar
Covid-19

Muricy Ramalho bate-boca com guardas ao caminhar na praia sem máscara

O coordenador técnico do São Paulo ficou revoltado ao ser abordado pela Guarda Municipal de Bertioga

Danilo ReenlsoberRepórter do EM OFF

Atual coordenador técnico do São Paulo, Muricy Ramalho bateu-boca com guardas municipais de Bertioga, no litoral sul de São Paulo, ao ser flagrado caminhando na praia neste fim de semana.

Um decreto publicado na última sexta-feira, dia 12, instituiu na cidade a Fase Emergencial de combate à Covid-19, que prevê regras mais rígidas de isolamento na quarentena.

A publicação prevê, além da proibição de atividades religiosas coletivas, prática de atividades esportivas coletivas e home-office obrigatório para alguns profissionais, a proibição do uso de praias e parques, incluindo a circulação ou prática de atividades.

No vídeo, é possível ver Muricy caminhando pela praia e sendo abordado pelos Guardas Municipais, que pedem para ele deixar o local. O técnico, então, começa a discutir com os guardas.

Continua após a publicidade

“Não estava anunciado isso, tava que era segunda-feira. Então anteciparam. Tem que avisar. Moro aqui há um ano. Se anunciassem, eu não vinha na praia”, afirmou Muricy.

Os guardas ressaltaram que, nesse momento da pandemia, é preciso tomar cuidado. “Um ano que eu tô aqui, nem meus filhos vêm me visitar, você vem me dizer como eu tenho que me cuidar? Eu me cuido pra caramba. Me cuido demais”, completou o coordenador, ao deixar a faixa de areia.

Confira o momento do flagrante: