Fechar
Política

Pabllo Vittar diz que fará campanha pró-Lula em 2022

Pabllo Vittar confirma apoio e pretende fazer campanha para a candidatura de Lula à presidência da República em 2022

Aline TorresRepórter do EM OFF

A campanha presidencial está mexendo com a cabeça de muita gente e tem famoso que já expôs sua opinião acerca dos possíveis candidatos à presidência da República. A cantora Pabllo Vittar foi uma das celebridades que já disse para quem vai sua torcida e prometeu até fazer campanha. O escolhido da vez foi o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva.

“Estou só esperando o ano que vem para poder votar. Vai ser. Sou a primeira a levantar essa bandeira porque passei por muita coisa nessa vida. Eu lembro quando o Bolsa Família foi criado (2004) e eu pude ir ao mercado fazer compras para a minha mãe”, disse a drag queen em entrevista para a revista Elle, da qual é a capa da edição impressa de setembro.

Militante assumida, Pabllo também falou sobre a experiência com o MST (Movimento dos Sem Terra): “Eu era pequena, mas lembro bem. Foi no Pará. Muita gente não procura entender nem a ponta do iceberg, não sabe do que o MST se trata ou o que é uma ocupação. Mas, pela minha experiência, eu posso afirmar que fui feliz”, relatou.

Não é a primeira vez que Pabllo demonstra apoio ao político. Em julho desse ano, ela afirmou que gostaria de cantar na posse de Lula, caso ele vença a disputa presidencial em 2022. A confirmação foi feita após uma internauta perguntar se ela irá cantar no evento de posse: “Espero que sim”, respondeu a cantora no Twitter.

Continua após a publicidade

Polêmica com estilista

A cantora Pabllo Vittar se tornou um dos assuntos mais comentados das redes sociais no dia 22 de julho (quinta-feira) após não dar os devidos créditos aos looks utilizados numa série de publicações, de autoria da estilista Jheni. Ela é considerada ainda “pequena” no mundo da moda, mas já veste muitas personalidades da mídia.

João Ribeiro, estilista oficial de Pabllo, pediu peças emprestadas à Jheni para a divulgação do novo álbum da cantora. Uma das cláusulas do contrato garantia que as publicações da cantora com os looks fossem devidamente creditadas. No entanto, apenas um dos looks foi creditado, o da capa do álbum “Batidão Tropical”

A treta fashion começou depois que Pabllo Vittar utilizou roupas de autoria de Jheni no clipe de “Tesão com T”, capas do álbum e programas de televisão que a cantora participou, por exemplo, no “Encontro com Fátima Bernardes” e não deu os devidos créditos. Como se não bastasse, as roupas foram devolvidas sujas e em um saco rasgado.

Jheni, claramente chateada com a situação, resolveu desabafar nas redes sociais. Posteriormente, Pabllo tirou o único crédito dado da publicação. Luísa Sonza e Jade Picon também são algumas das famosas que já vestiram a estilista. Antes da confusão com Pabllo, ela tinha apenas 3 mil seguidores, mas agora já contabiliza mais de 20 mil. Internautas levantaram a hashtag #AcordaPabllo em apoio a Jheni.

Após toda a confusão e algum tempo depois, a cantora fez uma postagem se desculpando com Jheni, fazendo o que os fãs da cantora queriam desde o princípio: que ela se pronunciasse sobre o fato e se desculpasse com a estilista. Veja seguir algumas postagens sobre a militância política de Pabllo Vittar: