Fechar
BATIDÃO TROPICAL

Pabllo Vittar regrava música sem dar créditos e cantora surta

Manu Batidão, ex-vocalista da Banda Batidão, está em pé de guerra com a cantora e drag queen Pabllo Vittar

Adriel MarquesRepórter do EM OFF

Pabllo Vittar lançou o álbum Batidão Tropical, sucesso em todas as plataformas digitais e também nas rádios. O novo projeto da drag queen traz músicas inéditas e regravações de diversos grupos regionais. Os fãs da Banda Batidão e Companhia do Calypso podem conferir uma nova roupagem nas músicas, hits que já fizeram bastante sucesso com a versão original agora na voz de Pabllo.

Quem não gostou da regravação foi a famosa Manu Batidão, da Banda Batidão. A ex-vocalista deu uma entrevista ao PodDalhe Cast no YouTube e revelou que a música “Apaixonada” é de sua autoria e Pabllo Vittar regravou sem dar os créditos.

Manu Batidão reclamou que além da música regravado, Pabllo Vittar também fez a mesma vinheta. Durante o bate-papo, a cantora de tecno melody afrontou a drag pedindo para que entrasse em contato: “A Pablo regravou a música, e não foi só a música, fez a minha vinheta também, copiou a nossa vinheta. Faz o seguinte? Dá uma ligada para mim, manda um direct. Os fãs estão perguntando por que você não compartilhou. Eu quero que ela me ligue”.

O conflito entre Manu Batidão e Pabllo Vittar parece não ser de agora, a cantora que é sucesso no Pará, também revelou que já levou unfollow da colega no Instagram: “Ela sabe o meu telefone, ela tem o meu contato, me seguia no Instagram, depois parou de seguir. Então filha, vem cá que eu estou esperando você falar comigo sobre essa questão, que você sabe que é da gente. Vamos resolver esse babado, mana”.

O desabafo de Manu Batidão trouxe histórias do passado, a cantora revelou que já tentaram entrar em contato com Pabllo Vittar para gravar e nunca conseguiram: “Na verdade a gente queria gravar essa canção com a Pablo, mas não conseguimos nunca contato com ela. Acho que, se ela também é daqui do estado, tem que levantar a nossa bandeira e ajudar os artistas da terra. Ela sabe que essa canção é minha”.

Sobrou até pro Twitter da Pabllo Vittar. Manu Batidão reclamou que não é citada nos tweets e publicações da artista: “Sempre comenta no Twitter sobre as canções, e não tem me marcado, marcou só a banda na qual eu fazia parte. Você conhece essa banda através da Manu Batidão”.

Durante a entrevista no YouTube rolou até apelo para Pabllo Vittar mencionar Manu Batidão nas redes sociais e dar o crédito na música autoral, composta pela cantora: “Então garota, me marca, rapariga, que eu estou te esperando”.

O álbum Batidão Tropical, segundo Pabllo Vittar para o G1, é uma homenagem muito especial: “Queria de alguma forma exaltar realmente a minha origem, a minha cultura, o Maranhão, , o Pará e todas as adjacências que consomem essa cultura”.

Tem alguma foto? print? vídeo? ou áudio de alguma fofoca? envie um e-mail para contato@portalemoff.com.br sua identidade será mantida no mais absoluto sigilo