Fechar
Inaceitável

Pamella Holanda diz que sofreu ameaça com faca de DJ Ivis

Pamella Holanda revelou que DJ Ivis pegou uma faca para ameaça-la, mas uma funcionária dele o segurou, evitando o pior

Aline TorresRepórter do EM OFF

Pamella Holanda concedeu entrevista par ao “Fantástico” nesse domingo (18) e fez revelações surpreendentes sobre o caso de agressão que sofreu do ex-marido, DJ Ivis. Ela afirmou que o músico chegou a pegar uma faca para ameaçá-la.

Em um dos trechos da entrevista, a mãe da pequena Mel, de 9 meses, relatou que não sabe o que irá fazer da vida: “Eu fico pensando: ‘como vai ser minha vida quando eu voltar a viver, porque esses dias não estou vivendo, estou existindo’”, confessou.

Ela ainda falou sobre a primeira agressão física. Ela estava grávida de seis meses da filha: “Quando comecei a morar com ele, ele já começou a me agredir. Começou verbalmente: palavrão, grosserias. Eu estava grávida de cinco para seis meses. Me segurou pelo pescoço e foi me arrastando do corredor até o sofá… Teve outras. Tive medo, vergonha, eu tava realizando um sonho, eu tava grávida. Sempre quis ser mãe.”

Pamella ainda contou que acreditava que após o nascimento da filha, as coisas iriam melhorar e casal seguiria feliz, mas não foi o que aconteceu. Ela detalhou uma das agressões gravadas por uma câmera dentro do apartamento do agora ex-casal:

Continua após a publicidade

“Ele me agride com a blusa, depois veste e começa a falar várias coisas. Eu insisto muito e vou no carrinho pra amamentar ela. Aí, é a hora que ele me puxa meu cabelo, me bate e esbarra no carinho”, relatou ao falar sobre o cantor não querer que ela amamentasse a filha por a mãe estar com Covid-19.

“Os médicos recomendavam para a neném, mas ele não queria de jeito nenhum porque dizia que ela ia pegar Covid. [Minha mãe] pediu para ele não fazer. Ela só conseguiu fazer isso”, disse Pamella.

Em um outro vídeo datado de fevereiro desse ano, ela conta que a agressão começou depois que eles começaram uma discussão por Ivis ter mostrado uma foto intima dela para um amigo dele.

“A gente começou a discutir porque ele mostrou uma foto minha íntima para o Charles. Ele me agride e vou pra cima dele, mas ele se esquiva. Quando eu dou as costas, ele me dá um soco, um chute. O soco nas costas eu fiquei sem respirar”.

Ainda segundo Pamella, eles contrataram uma babá, que logo no primeiro dia de trabalho presenciou uma briga entre eles. Logo depois, ela foi demitida pelo músico. No outro dia, começaram uma nova discussão e foi quando DJ Ivis pegou uma faca:

“Desci umas 10h, quase 11h para poder fazer o leite dela e já começou a discutir. A funcionária dele também estava na hora na cozinha. Foi na hora que ele pegou uma faca na gaveta da cozinha. A funcionária dele foi e segurou braço dele.”

Depois de ser agredida, ela correu para a portaria do condomínio em que vivia com o agressor para pedir ajuda, mas foi ignorada. Uma vizinha que ouviu os gritos de Pamella, chamou a polícia. No entanto, ao irem para a delegacia, Ivis negou as agressões e ela não quis prestar queixa por medo.

Pamella foi pra casa, mas no dia seguinte foi fazer corpo de delito e postou os vídeos que já tinha no celular, na internet: “Se fosse só a fala dele contra a minha, ninguém ia acreditar. Ele é famoso, conhecido… Ninguém imaginava que era assim. Ele acabava de brigar comigo e saia para o ensaio“, disse.

O DJ Ivis teve o pedido de habeas corpus negado pela Justiça após ser preso no dia 14 (quarta-feira) por agressão contra a ex-esposa. O cantor apareceu em foto com a cabeça raspada após chegar na Unidade Prisional Irmã Imelda Lima Pontes de segurança máxima, localizada no Ceará.

Após o pedido de habeas corpus ser negado no sábado (17), o cantor deverá permanecer preso por tempo indeterminado e ficará a disposição do Poder Judiciário. Se condenado, o compositor poderá pegar até três anos em regime aberto ou semi aberto.