Fechar
Mistério

Passagem secreta é encontrada em apartamento de ator do SBT achado morto

Apartamento do ator Luís Carlos Araújo, encontrado morto, possui uma "passagem secreta" que será investigada pela polícia

Aline TorresRepórter do EM OFF

Cada vez mais mistérios rodeiam a morte do ator Luís Carlos Araújo, que interpretou o personagem Valter na novela “Carinha de Anjo” (2016), do SBT. Dessa vez, a polícia descobriu uma passagem secreta que dá acesso ao apartamento, sem ter que passar pela portaria do condomínio. A informação está no boletim de ocorrência feito quando o corpo foi encontrado no último sábado (11).

Ainda conforme o documento, o lugar estava repleto de câmeras, mas todas estavam desligadas, o que também chamou a atenção dos policiais. Segundo o Notícias da TV, que teve acesso ao BO, o corpo do ator foi encontrado sem sinais de violência física. O rosto de Luís Carlos já estava em avançado estado de decomposição.

A cabeça do ator estava ainda envolta por um saco preto. Estima-se que a morte tenha acontecido cinco dias antes do corpo ter sido encontrado. Luís Carlos foi encontrado de barriga para cima, pernas pouco dobradas, estava vestindo uma cueca vermelha, meias cinzas e camiseta azul e pouco coberto por um cobertor.

No local, haviam três câmeras, uma dentro do quarto, outra acima da porta de entrada e mais uma apontando para o corredor. A polícia ainda se surpreendeu com um rack que possuia equipamentos eletricos que estavam todos desligados da tomada, inclusive os cabos HDMI que dão acesso à internet.

Continua após a publicidade

Ainda segundo a coluna, um equipamento de DVR, que provavelmente é onde ficam gravadas as filmagens das câmeras, estava atrás da televisão, mas os profissionais ainda não tiveram acesso a ele para que a cena do crime não fosse alterada até que alguns fatos acerca da morte fossem esclarecidos.

Foi identificada, no quarto do ator, uma grande área aberta que possuía uma rede fazendo parede próxima a uma caixa d’água. Foi nesse local que os policiais identificaram como uma suposta passagem para o apartamento sem ter a necessidade de passar pela portaria, o que levantou mais suspeitas e deixou o crime mais misterioso ainda:

“Aparente possibilidade de sair do apartamento –apenas, obviamente, por alguém que o conhecesse muito bem, assim como a rotina do prédio e dos vizinhos”, diz o boletim de ocorrência. O que também chamou a atenção dos profissionais que estão investigando o caso, é que a varanda estava aberta, assim como janelas: “Tudo se encontrava aberto”.

A investigação pediu o saco preto que envolvia a cabeça do ator para determinar se haviam impressões digitais. Também será investigada uma suposta fuga da cena do crime pela varanda. Além disso, itens do banheiro, eletrônicos e celulares também serão analisados na intenção de encontrarem alguma prova que ajuda a desvendar esse crime.

O porteiro do prédio fez um relato de um rapaz que costumava visitar o apartamento de Luís Carlos diariamente e que era identificado também como Luís e que seria um amigo de academia do ator. O colaborador do condomínio não conseguiu dizer mais detalhes fora sobre a aparência física do homem. Esse detalhe também foi adicionado ao BO:

“Ultimamente via, apenas, que um rapaz também chamado Luís sempre vinha  almoçar com a vítima e sabe que ele também é aluno da academia Blue Fit.  Este rapaz passava bastante no apartamento, inclusive depois que a vítima retornava da academia –sendo que sempre era seu hábito dela voltar em torno de 18h. Este homem a testemunha descreve como bem alto, branco, barba, cabelos pretos, bem forte, nunca viu nenhuma tatuagem, sem nenhum tipo de sotaque identificável como diverso de paulistano”.