Fechar
Ex-jogador

Pelé é submetido a cirurgia para retirar tumor

Ex-jogador de futebol foi internado no Hospital Albert Einstein no último dia (31) de agosto

Paulo Henrique LimaRepórter do EM OFF

Internado há quase uma semana no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, Pelé quebrou o silêncio e falou publicamente sobre seu estado de saúde na tarde desta segunda-feira (06). O ex-jogador de futebol brasileiro passou por uma cirurgia de emergência para retirar uma lesão suspeita no cólon direito.

Em nota publicada nas redes sociais, Pelé tranquilizou os fãs e agradeceu as mensagens e orações que tem recebido nos últimos dias. O ex-jogador foi submetido ao procedimento cirúrgico no último dia 31 de agosto, após exames apontarem o tumor. Dr. Miguel e Dr. Fábio foram responsáveis pela cirurgia.

“Meus amigos, muito obrigado pelas mensagens de carinho. Eu agradeço a Deus por estar me sentindo muito bem e por permitir que o Dr. Fábio e o Dr. Miguel cuidem da minha saúde. No último sábado fui submetido a uma cirurgia de retirada de lesão suspeita no cólon direito. O tumor foi identificado na realização dos exames que mencionei na última semana”, afirmou.

Pelé celebrou o sucesso da cirurgia e disse que tem se recuperado cada dia. “Felizmente, estou acostumado a comemorar grandes vitórias ao lado de vocês. Vou encarar mais essa partida com um sorriso no rosto, muito otimismo e alegria por viver cercado de amor dos meus familiares e amigos”, declarou.

Continua após a publicidade

Quando internado na última terça-feira, Pelé negou rumores de que ele teria desmaiado e que isso teria causado sua ida ao centro médico particular. O ex-jogador estava com exames de rotina agendados para meses atrás, mas devido ao agravamento da pandemia de Covid-19 foram adiados.

“Pessoal, eu não desmaiei e estou muito bem de saúde. Fui fazer meus exames de rotina, que não havia conseguido fazer antes por causa da pandemia. Avisem que eu não jogo no próximo domingo!”, disse o famoso, que também divulgou uma versão em inglês da nota, em que oculta o motivo da internação.

Em fevereiro de 2020, o ex-goleiro Edinho, filho de Pelé, revelou em entrevista ao programa “Abre Aspas” do site do Globo Esporte, que o pai passou por cirurgias no quadril e que o mesmo enfrentou dificuldades para se locomover. À época, ele disse que o ex-jogador apresentou quadro de depressão.

“Ele tá bastante fragilizado em relação à mobilidade. Ele fez o transplante do quadril e não fez uma reabilitação adequada, ideal. Então, ele está com esse problema da mobilidade, que acaba acarretando uma certa depressão, um quadro ali… Imagina, ele é o rei, sempre foi uma figura tão imponente, e hoje ele não consegue mais andar direito. Ele fica muito acanhado, muito constrangido com isso. Mas está bem, tirando isso e tirando a natureza da idade e tudo mais”, falou.

Tags Relacionadas: