Fechar
Nova ação

Pétala Barreiros e os pais decidem processar Lívia Andrade

Pétala Barreiros e os pais decidiram entrar com ação de danos morais contra Lívia Andrade e estão pedindo R$ 100 mil em indenização

Aline TorresRepórter do EM OFF

Mais um capítulo da briga que envolve Pétala Barreiros, Marcos Araújo e sua namorada, Lívia Andrade, se desenrola na Justiça. Dessa vez, a jovem influenciadora de 22 anos e os pais, Eunice e Altamir Barreiros, entraram com um processo contra a apresentadora pedindo que ela pare de citar a família de forma pública, além de requererem uma indenização no valor total de R$ 100 mil, sendo R$ 50 mil só para os pais de Pétala.

As informações são da colunista Fábia Oliveira, do jornal O Dia. Em um dos trechos do processo, a família Barreiros detalha a motivação do processo e acusa a ex-contratada do SBT de manter “condutas criminosas graves”, já que estaria ofendendo a imagem não apenas da influenciadora, mas também de seus pais.

“A ré (Lívia) atribui aos autores condutas criminosas graves, consistentes em ameaças de morte, perseguição, uso de documentos falsos e roubo, o que deve cessar imediatamente, dada a ofensa à honra e imagem dos autores. Ademais, não satisfeita com as graves acusações de prática de crime, narra ter sido envolvida em um plano de vida da família de Pétala, uma vez que teria lhes ‘roubado’ a ‘galinha dos ovos de ouro’ (referindo-se a Marcos Araújo), em campanha claramente difamatória e injuriosa nas redes sociais”, diz trecho da ação.

Pétala já tem uma medida restritiva contra Marcos e a família dele. Recentemente, Lívia afirmou que, como vai casar com o empresário, já se sente parte da família, por isso ela deve ser incluída na restrição: “O fato de Lívia se posicionar publicamente como ‘família’ de Marcos a insere num impedimento da medida protetiva, ou seja, nem Marcos nem seus familiares poderão se aproximar de Pétala. A prisão seria uma medida extrema, difícil de acontecer, mas se ele continuar com estes subterfúgios de intimidação ‘usando’ Lívia e seus seguranças, o juízo competente poderá tomar a medida mais drástica”, diz ainda a ação.

Continua após a publicidade

Após Pétala Barreiros entrar com uma ação na Justiça pedindo a prisão do ex-marido Marcos Araújo, por ele supostamente ter descumprido uma medida judicial a favor da influenciadora e ter perdido, Lívia Andrade decidiu responder sobre a situação. A atual namorada do empresário dono da ÁudioMix e do festival Villa Mix, resolveu expor sua opinião mais uma vez nas redes sociais.

“Dinheiro é phod* mesmo! Enquanto estava com cartão de crédito sem limite nas mãos era um cara maravilhoso, inclusive era bajulado pela família inteira, que era carregada pra cima e pra baixo pelo mundo afora. Era um pai tão incrível, que um filho não bastava, precisou planejar o segundo filho, porque a família era muito feliz e ambiente familiar era perfeito para criar crianças”, disse Lívia no primeiro trecho da postagem.

“Ficaram um ano todinho tentando engravidar, mas não rolou! Foi só separar e a teta secar, tudo mudou. Mulher se você tem uma relação abusiva e é consciente disso e se permite passar por isso por dinheiro e artigos de luxo, não presta tanto quanto o homem que você convive”, finalizou a ex-apresentadora do “Fofocalizando” do SBT.

Lívia recebeu centenas de críticas na internet, acusando-a de ser falsa feminista. Ainda no documento apresentado por Pétala à Justiça, ela pede que seja criada uma medida protetiva contra a atual namorado do ex-marido, alegando que Lívia estava “causando medo e transtornos psicológicos à vítima”. No entanto, a juíza responsável pelo caso indeferiu todos os pedidos alegando falta de elementos que evidenciem os fatos.

Relembre a treta entre elas

Lívia Andrade pediu ao Ministério Público de São Paulo para que abra uma investigação contra Pétala Barreiros por cyberstalking. A ex-apresentadora do SBT alegou que a influenciadora fez postagens de ódio contra ela, afirmando ser a pivô do fim do casamento de Pétala e Marcos Araújo. A partir de então começou uma verdadeira guerra entre as duas mulheres e entre elas, Marcos da Áudio Mix.

Segundo Lívia, Pétala comandou campanhas de cancelamento na internet da atriz, de modo a prejudicar a imagem dela. Os advogados da ex-contratada do SBT relataram que Pétala já foi condenada na Justiça no começo do ano por danos morais ao ter exposto de forma pejorativa o ex-marido e o fim do relacionamento dos dois.

De acordo com a coluna de Leo Dias, do portal Metrópoles, Lívia recebeu ameaças de morte após toda a exposição feita com seu nome. Já em entrevista ao jornal O Globo, um dos advogados da apresentadora falou sobre o caso: “Pétala Barreiros se utilizou de diversos mecanismos midiáticos com o fim de constranger não só psicologicamente, mas também moralmente a noticiante (Lívia Andrade)”.

Como diz o Código Penal, é crime “perseguir alguém, reiteradamente e por qualquer meio, ameaçando-lhe a integridade física ou psicológica, restringindo-lhe a capacidade de locomoção ou, de qualquer forma, invadindo ou perturbando sua esfera de liberdade ou privacidade”. A pena prevista é de seis meses a dois anos de reclusão, além de multa.

Você usa TELEGRAM? Então entre no nosso canal e receba nossas notícias no seu celular.
Basta clicar aqui -> https://t.me/portalemoff