Fechar
Susto

Piloto do Globocop cobriu queda do avião de Marília Mendonça

Piloto Dudu Barbatti rezou em frente à aeronave após pouco de emergência ser bem-sucedidos. Os três ocupantes do helicóptero passam bem

Aline TorresRepórter do EM OFF

Outro susto na aviação, mas que terminou bem, aconteceu nesta segunda-feira (08), em Minas Gerais. Um helicóptero da TV Globo Minas teve que fazer um pouso de emergência em um campo de futebol após problemas com a aeronave. Inclusive, o piloto Dudu Barbatti, que orou em frente ao veículo, fez a cobertura do acidente da cantora Marília Mendonça na sexta-feira (05).

O acidente aconteceu em Belo Horizonte, capital mineira, por volta das 7h45 da manhã. Segundo o Corpo de Bombeiros, todos os ocupantes passam bem. A corporação também informou o provável motivo do pouso emergencial: “Em princípio, parece ter havido uma pane mecânica e o piloto precisou realizar um pouso forçado. Com o impacto, o rotor de cauda acabou tocando o solo e se quebrou. Todos estão bem, sem vítimas, cabine intacta”.

Segundo o cabo Fábio Félix, do Corpo de Bombeiros de Belo Horizonte, uma viatura chegou a ser encaminhada para o local devido ao risco de algum incêndio ou explosão: “Duas pessoas foram para o hospital com o Samu. Não havia ferimentos, mas foram para observação. O piloto ficou no local”, disse ainda o bombeiro militar que estava no local após o pouso.

Uma engenheira aeronáutica, contratada pela empresa responsável pela manutenção da aeronave, foi ao local averiguar o acidente: “Ela disse que o Cenipa (Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos) vai vir fazer a vistoria para poder liberar o transbordo do combustível para fazer o desmanche e levar a aeronave embora. A previsão de chegada desse órgão aqui é à tarde”, informou o cabo Félix.

Continua após a publicidade

O helicóptero era usado para as coberturas matinas tradicionais sobre o trânsito, situações fora do cotidiano e clima. O piloto afirmou que esse modelo está preparado com um sistema que previne possíveis incêndios, caso ocorra um acidente, então consequentemente, a aeronave acabou não pegando fogo.

Em entrevista para o jornal Estado de Minas, a moradora Sílvia Helena Martins conta que estava passando pelo local quando viu o pouso atípico do veículo e que pedaços da fuselagem estavam a poucos metros do local da aterrissagem: “Fui buscar uma moça que trabalha comigo e, no momento em que estava saindo, eu o vi sobrevoando. Tinha um acidente na Via do Minério e pensei que poderia ser isso”, disse.

“Quando cheguei em casa, vi ele fazendo um voo muito rasante. Pensei que poderia ser reportagem. No que eu virei a rua, o helicóptero tinha acabado de fazer o pouso forçado. Tinha pedaços da fuselagem do outro lado da rua. Vi o pessoal descendo. A repórter, o piloto e um outro rapaz, que deve ser auxiliar dela. Até filmei um dos rapazes ajoelhado em frente ao helicóptero agradecendo a Deus”, relatou ainda.

Dudu Bartbatti, que foi o único a não ir para o hospital, resolveu fazer um agradecimento a Deus pelo pouso ter dado certo e não ter acontecido nada de grave com os ocupantes. Na sexta-feira (05), o piloto estava com outros colaboradores da Globo fazendo a cobertura do acidente aéreo que vitimou a cantora Marília Mendonça e mais quatro pessoas no interior de Minas, em Caratinga, onde ela faria um show naquela noite.

Você usa TELEGRAM? Então entre no nosso canal e receba nossas notícias no seu celular.
Basta clicar aqui -> https://t.me/portalemoff