Fechar
POLÊMICAS

Pricilla Alcântara detona Bruna Karla: ‘Completamente infeliz’

“Isso não reflete o Deus que eu acredito”, disse a apresentadora do “The Masked Singer Brasil”

Danilo ReenlsoberRepórter do EM OFF

A cantora e apresentadora Priscilla Alcântara abriu o jogo e desabafou sobre as declarações consideradas homofóbicas de Bruna Karla. Em uma entrevista à ex-atriz Karina Bacchi gravada há cinco meses, mas que viralizou apenas na semana passada, a cantora gospel disse que “Jesus não sonhou isso para você”, referindo-se à orientação sexual das pessoas da comunidade LGBTQIA+.

Nesta quarta-feira (22), em sua participação no “PocCast“, a co-apresentadora do “The Masked Singer Brasil”, da TV Globo, discordou das falas de Bruna Karla e ressaltou que as declarações da artista gospel são inadmissíveis. “[Ela foi] Completamente infeliz. Não tem como. Inadmissível acho que é a palavra. E eu, na minha vida, sempre faço esse exercício: ‘Sshhhiiiuu'”, disse, fazendo gesto de silêncio.

A ex-parceira de Yudi Tamashiro no “Bom Dia e Cia”, do SBT, ainda deu o seu parecer de como leva adiante as palavras de Deus. “Na sociedade que a gente vive, pessoas da comunidade morrem por ser quem são… Vou falar de uma forma metafórica: enquanto eu adoro a Deus, eu mato alguém, seja pela minha palavra ou de alguma forma literal, não existe isso. Isso não reflete o Deus que eu acredito”.

“Então, em tudo o que você faz e fala, você tem que pensar em como você vai atingir o seu próximo, esse tem que ser o cerne da sua fé, esse é o cerne do amor. E opinião guarda. O ponto não é dar a sua opinião, o ponto é em que isso impacta a vida do meu próximo. As minhas palavras vão te matar ou vão te trazer vida?”, questionou Priscilla Alcântara.

Continua após a publicidade

As falas preconceituosas de Bruna Karla repercutiram nas redes sociais e diversos outros famosos também criticaram a cantora gospel. “De fato, quando Jesus aparecer alguém irá se envergonhar e não é seu amigo gay mas sim você por sua atitude preconceituosa”, afirmou o economista e ex-participante do BBB21, Gil do Vigor. “O discurso dessa cantora gospel em um podcast é muito criminoso”, reforçou o cantor Jão.

A funkeira Ludmilla também detonou Bruna Karla. “Esse é o tipo de discurso que me embrulha o estômago e me deixa revoltada. Pessoas como ela, que se dizem ‘porta-vozes’ de Deus, descartam e fazem mal à pessoas o tempo inteiro”, disse. Entre os críticos, Jojo Todynho teceu os comentários mais ácidos: “Eu só tenho uma coisa para dizer: Deus é o maior! Deus é amor! A parada é pro amor! Nós queremos o amor e menos o ódio! Chega de matança! Chega de intolerância!”.