Fechar
FALOU TUDO!

Projota revela que teve depressão e avalia participação no BBB

O rapper revelou ter tido depressão após um momento delicado na carreira

Jean TellesRepórter do EM OFF

O músico Projota que teve uma participação para lá de polêmica na edição desse ano do Big Brother Brasil, falou em entrevista à jornalista Ana Cora Lima, do site Na Telinha, sobre sua participação na atração. Juntamente com Karol Conka e outros famosos da mesma edição, o compositor foi eliminado do reality apresentado por Tiago Leifert com mais de 90% de votos. Em entrevista a jornalista, o cantor avaliou sua participação no reality da Globo e falou sobre novos projetos musicais.

O rapper com mais de 12 anos de carreira se prepara para lançar mais um álbum musical: “Estou super empolgado fazendo esse álbum porque está sendo um momento de descoberta musical muito especial para mim. Acho que estou tendo a oportunidade de unir toda a experiência que eu vim tendo nos últimos projetos”, começou dizendo o músico.

Em seguida Projota seguiu detalhando mais sobre sua nova empreitada na música: “Nos trancamos no estúdio por algumas semanas compondo música, criando, mexendo….uma coisa que eu nunca tinha feito, sabe? É um processo de imersão mesmo, coisa que eu nunca fazia antes ou eu deixava muito na mão do produtor ou eu fazia em casa.”

Ao ser perguntado pela jornalista se no álbum iria conter alguma faixa inspirada na sua participação no reality show da Globo, o cantor revelou que suas músicas sempre contêm grandes experiências de sua vida e sendo assim, seria impossível que sua experiência dentro do reality show da Globo não estivesse presente no novo disco.

Continua após a publicidade

Após isso, o compositor avaliou sua participação polêmica dentro do BBB: “Acho que a minha passagem por lá foi como era para ser mesmo, teve seus altos e baixos. Tive muitas oportunidades legais também, tive muitas conversas bacanas, tive a chance de humanizar um pouco mais a minha imagem, de poder mostrar que eu também e que eu também erro, que vou errar mais, que eu já errei muito antes também e que é assim”.

Projota também falou na entrevista sobre um momento delicado que atravessou na carreira, que o fez até ter depressão ao ter sido acusado de ter ser “vendido”, por fazer algo mais comercial. Isso porque por mais que o rap esteja sempre entre os ritmos mais escutados no país, o gênero ainda segue muito nichado de público.

Isso já foi algo que me afetou mais, creio que com o tempo você aprende a lidar melhor com tudo. Realmente já me fez muito mal, foi um dos motivos que me fizeram ter depressão. Creio que eu sempre lutei muito por aceitação, isso inclusive afetou muito minha arte, eu sempre tentei agradar, e é algo que a maturidade também me trouxe, me sinto liberto dessa necessidade.

Por fim, o músico falou sobre suas expectativas pós pandemia: “Pretendo voltar a fazer shows, que é o que mais sinto falta, muito mesmo! E quero poder levar minha filha pra passear de verdade, conhecer o mundo e as pessoas, infelizmente ela nasceu exatamente no início da pandemia então o horizonte dela ficou bastante limitado”.

Tem alguma foto? print? vídeo? ou áudio de alguma fofoca? envie um e-mail para contato@portalemoff.com.br sua identidade será mantida no mais absoluto sigilo

Tags Relacionadas: