Fechar
Na lata!

Rafa Kalimann se pronuncia sobre ser amante de Boninho

“Estamos em 2022 e ainda existem pessoas que desmerecem o trabalho de uma mulher”, criticou a apresentadora

Lucas CardosoRepórter do EM OFF

A apresentadora e influenciadora digital, Rafa Kalimann, resolveu se pronunciar sobre os boatos de que seria amante de Boninho, diretor de núcleo da Rede Globo e responsável pelo Big Brother Brasil, o mesmo programa em que ela participou em 2020. Sempre atacada nas redes sociais, Kalimann decidiu dar um basta nos críticos de plantão.

Em entrevista ao jornal O Globo, a moça declarou que constantemente se depara com comentários negativos envolvendo sua performance como apresentadora, e que diversas vezes foi acusada de estar “dormindo” com pessoas importantes da Rede Globo para conseguir se manter por tanto tempo na emissora.

“Estamos em 2022 e ainda existem pessoas que desmerecem o trabalho de uma mulher”, iniciou Kalimann. Já li comentários perguntando para quem eu estava dando para estar ali na Globo. […] Eu vi a fofoca, fiquei com raivinha e a tendência era deixar para lá porque esse tipo de notícia nem chegaria a algumas pessoas”, continuou.

No entanto, Kalimann revelou que repensou sobre o caso e decidiu rasgar o verbo: “Então, prefiro ficar quieta, não dar Ibope, mas resolvi gravar uns stories porque isso tem que parar. Não tem que ficar colocando as mulheres sempre no lugar da amante, de estar fazendo algo não ético para conseguir um trabalho. E foi muito positivo”.

Continua após a publicidade

A apresentadora também comentou sobre as traições que levou seu casamento com o cantor sertanejo e também ex-BBB, Rodolffo, ao fim. Segundo ela, chegou um momento em que a cidade toda sabia que ela estava sendo traída pelo cantor.

“Descobri uma das traições e terminei. Depois disso, todo mundo veio me contando um monte de pulada de cerca dele. Ele ficou com beltrana, ficou com fulana, a cidade toda sabia, relembrou ela. “Foi muito traumático. Fiquei seis meses muito mal. O nosso término teve um aviso prévio”, complementou.

Kalimann contou que chegou a tentar recuperar o casamento, mas já era tarde demais. “[…] Eu descobri a traição, ele assumiu a traição, falou que queria mudar, ficamos juntos, mas eu desencantei. Foi bom esse processo. Foi bom porque vivemos aquele luto juntos. Um ano depois, mandei mensagem para ele dizendo que estava tudo certo, que queria ser amiga dele”, declarou.